Melhores de 2007 – Atriz Coadjuvante

imelda.jpg

Melhor Atriz Coadjuvante

– Imelda Staunton, em Harry Potter e a Ordem da Fênix

Na pele de Dolores Jane Umbridge, a sádica professora de defesa contra as artes das trevas, Imelda Staunton roubou completamente a cena e arrasou em uma perfeita caracterização da odiada personagem criada por J.K Rowling em Harry Potter e a Ordem da Fênix. De longe, ela é a maior e melhor figura do mal já representada na série, até mais que Voldemort e Snape. Também é a grande interpretação de Harry Potter, pois nunca nenhum outro ator conseguiu chegar perto de tal brilhantismo. Talvez muitos achem que eu estou superestimando a interpretação da atriz, mas levem em consideração que tenho uma admiração cega por ela, uma vez que a atriz conseguiu me conquistar em todos os seus trabalhos que já tive a oportunidade de conferir. Ao mesmo tempo em que consegue despertar ódio no espectador, Imelda causa ótimas risadas, tornando-se um dos mais interessantes personagens já inseridos na trama cinematográfica de Harry Potter. Como eu havia previsto, não vai ser lembrada para o Oscar de coadjuvante; o que é uma pena, já que merecia concorrer.

OUTRAS INDICADAS:

blanchett.jpg

Cate Blanchett, em Notas Sobre Um Escândalo. Assim que assisti o filme de Richard Eyre, achei o papel de Cate Blanchett fácil demais. É um dos poucos papéis que a atriz está completamente livre de maquiagens e sotaques, sendo puramente “Cate Blanchett”. Mas ainda bem que ela não se restringiu a uma interpretação simples e convencional: deu alma à ingênua Sheba Hart e, apesar de seu desempenho ser inferior ao da sua companheira de tela, não ficou atrás em nenhum momento na qualidade de sua interpretação. Destacando-se em diversos momentos (especialmente no brilhante “duelo” final com Judi Dench), Notas trouxe para Blanchett uma de suas melhores interpretações.

rinko.jpg

Rinko Kikuchi, em Babel. Já não é de hoje que papéis de mudas me conquistam. Se Holly Hunter me impressionou com O Piano, Rinko Kikuchi também chamoi minha atenção em Babel. Totalmente submersa no papel de uma garota muito problemática, complexa, carente e com problemas de afeto, Kikuchi mostrou grande competência, arrasando com sua ótima interpretação merecedora de Oscar. De todos os atores do elenco, ela é a que mais se destaca. Caso resolva investir na carreira, deve obert grande êxito, devido ao seu enorme potencial. Espero que continue atuando, pois talento e capacidade não lhe faltam. Só não sai vencedora em minha lista porque tenho muito afeto por Imelda Staunton.

cordeiros-meryl.jpg

Meryl Streep, em Leões e Cordeiros. Muitas pessoas já andam dizendo que indicar Meryl Streep já é algo clichê, que ela já se tornou uma hors concours e que não necessita mais da atenção das premiações. Discordo totalmente. Ficar ambivalente aos seus brilhantes trabalhos é uma heresia. Ela não está brilhante em Leões e Cordeiros, mas é a melhor interpretação do filme de Redford. A cena em que ela questiona seus princípios de jornalista ao chegar na redação onde trabalha já justifica essa sua indicação. O destaque para o ótimo desempenho da atriz foi completamente afetado pelo fracasso do filme. Mas como eu sempre digo: uma boa atuação sempre supera um fracasso.

dream3.jpg

Jennifer Hudson, em Dreamgirls – Em Busca de Um Sonho. Fiquei irritado quando Hudson venceu o Oscar de coadjuvante esse ano. Não que ele não seja merecido, afinal ela é o grande destaque do filme, mas o impacto sua performance ficou totalmente escondido através de sua poderosa e impactante voz. Ela é mais cantora do que atriz. No entanto, não desmereço seu grande trabalho, que conseguiu me cativar, especialmente na arrepiante cena em que a atriz canta “And I Am Telling You I’m Not Going”. Deixando todo o resto do elenco comer poeira (literalmente!), Jennifer Hudson foi a grande surpresa do filme, e com todos os méritos.

Outros destaques de 2007: Adriana Barraza (Babel), Emma Thomspon (Mais Estranho Que a Ficção), Joan Allen (O Ultimato Bourne), Julie Walters (Lições de Vida), Margo Martindale (Paris, Te Amo), Michele Pfeiffer (Hairspray – Em Busca da Fama), Sharon Stone (Bobby), Sandra Bullock (Confidencial) e Susan Sarandon (No Vale das Sombras).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: