Melhores de 2007 – Direção

inarritu.jpg

Melhor Direção

– Alejandro González Iñárritu, por Babel

Não sou muito fã de Babel. Quer dizer, adoro o filme, mas não o acho uma obra-prima como muitos apontam. No entanto, fiquei completamente maravilhado e surpreendido com a grande direção do competente Alejandro González Iñárritu que, apesar de não ter realizado seu melhor filme (ainda fico com Amores Brutos), apresentou sua melhor direção. Maduro e minimalista, o preciso trabalho de Iñárritu é o aspecto mais positivo do filme, junto com as ótimas interpretações do elenco. Se o Oscar desse ano tivesse sido por merecimento (afinal, Scorsese só levou porque deviam pra ele) certamente a estatueta seria de Babel. Realizando o filme de forma quase documental, Iñárritu acertou nesse estilo, que acaba fluindo muito bem em suas mãos. Se tivéssemos uma maior agilidade no roteiro, o filme seria ainda melhor. De qualquer forma, ele acaba sendo o melhor diretor do ano, ao menos na minha perspectiva. É o único trabalho do diretor onde a direção se sobressai ao filme.

OUTROS INDICADOS:

clint.jpg

Clint Eastwood, por Cartas de Iwo Jima. É difícil acreditar que um filme de guerra do porte de Cartas de Iwo Jima seja dirigido por um senhor de idade avançada como Clint Eastwood. Mas se tratando do veterado diretor, nada é surpreendente. Depois de roubar a cena (literalmente!) quando tirou o Oscar de Scorsese coma sua Menina de Ouro, Clint retorna ao cinema com dois grandes filmes. Mas foi a versão japonesa que mais se destacou. Utilizando um tom muito humano e deixando de lado batalhas intermináveis ou sangue pra todo o lado, o diretor deu uma aula de como se fazer um filme de guerra sem que ele caia no tédio ou na chatice. Um grande feito, diga-se de passagem.

paul-greengrass.jpg

Paul Greengrass, por O Ultimato Bourne. É inegável que Paul Greengrass é um diretor mais do que promissor. Depois de toda a incrível habilidade demonstrada em Vôo United 93, ele investiu em O Ultimato Bourne, onde conseguiu me surpreender mais ainda (feito que não conseguiu com o volume anterior da série). Com a câmera na mão – nada de tripés, inclusive nas cenas de ação e correria – ele deu mais uma prova de que é um talentoso diretor, sendo um dos melhores do atual cinema de Hollywood. Não apenas realizou o melhor filme desse ano, como repaginou a série e conseguiu fãs que a série não tinha nos capítulos anteriores. E eu me incluo nessa categoria.

david-fincher.jpg

David Fincher, por Zodíaco. Como todos podem ver, através da minha lista de indicados desse ano, não sou muito fã de Zodíaco, apesar de ter gostado muito do resultado do filme. Contudo, é impossível deixar de lado a ótima direção do competente David Fincher que fez com que esse filme de mais de 2h30 não se tornasse um tédio em nenhum momento. Comandando o suspende com grande habilidade e segurança, Fincher também foi excelente ao dirigir o elenco, arrancando grandes interpretações de todos os atores (especialmente de Jake Gyllenhaal e Mark Ruffalo). Teria mais chances se eu gostasse mais do filme. De qualquer forma, merece créditos pela ótima direção.

frears.jpg

Stephen Frears, por A Rainha. A cada filme que produz, o diretor Stephen Frears sobe mais no meu conceito. Depois de Ligações Perigosas, Coisas Belas e Sujas e Senhora Henderson Apresenta, ele me conquistou definitivamente com seu elegante trabalho em A Rainha. Com um jeito único de contar histórias, sem nunca cair em clichês ou no melodrama barato, Frears fez desse seu último trabalho, um dos melhores de sua carreira. Utilizando um estilo mais documental e tons de dramas contidos, ele realizou um dos melhores trabalhos do ano que com certeza é extremamente digno de sua indicação nessa minha categoria. Frears ainda chegará a conquistar um Oscar, e ficarei muito contente ao vê-lo vencedor.

Um comentário em “Melhores de 2007 – Direção

  1. Pingback: Melhores de 2013 – Direção | Cinema e Argumento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: