Melhores de 2008 – Trilha Sonora

melhortrilha01

Possivelmente um dos melhores trabalhos da década, essa trilha sonora de Desejo e Reparação é um dos pontos altos do filme. É espetacular o modo como o compositor Dario Marianelli (que esse ano também realizou a produção musical de Valente) consegue unir melancolia e toda a grandiosidade de um épico romântico. Cada composição tem personalidade própria e nunca soam repetidas ou sem paixão. O Oscar de canção para o filme não foi uma estatueta de consolação, já que a trilha foi muito merecedora desse prêmio. O trabalho de Marianelli torna-se, então, inesquecível e para se ouvir eternamente. Vencedor do ano passado: A Rainha, por Alexandre Desplat.

scoreblindnessEnsaio Sobre a Cegueira / O brasileiro Marco Antônio Guimarães não se limitou a criar apenas uma trilha dramática para Ensaio Sobre a Cegueira. Ele acompanhou toda a degradação dos personagens na história e compôs um trabalho igualmente perturbador, com canções muito efetivas que alcançam o mesmo nível do clima do longa. A trilha é perfeitamente apropriada, um grande acerto.

scorewalleWALL-E / Trilhas sonoras são, na maioria das vezes, pontos altos em animações. Em WALL-E não é diferente. Além disso, é provavelmente o melhor trabalho musical já composto no gênero. Presente do mestre Thomas Newman, que até então era conhecido por suas trilhas dramáticas como Beleza Americana. Aqui ele demonstra mais talento e versatilidade, provando ser um dos melhores compositores da atualidade.

scorebloodSangue Negro / Desclassificada no Oscar por razões idiotas, a trilha de Sangue Negro é perfeita para o filme. Não admiro tanto o filme de Paul Thomas Anderson, mas não posso negar que a trilha composta por Jonny Greenwood é de uma notável habilidade musical. Consegue fugir das obviedades do gênero dramático e criar composições bem memoráveis e originalmente surpreendentes. Desde já é um marco cult.

scorebatmanBatman – O Cavaleiro das Trevas / A união de dois grandes compositores (James Newton Howard e Hans Zimmer) só podia resultar em um trabalho grandioso como esse. Se em Batman Begins eles já alcançavam boa qualidade, aqui aprimoram tudo de bom que existia lá. Reclamo um pouco da duração desnecessária de algumas canções, mas só Introduce a Little Anarchy já valida a inclusão da aventura nessa lista.

Os visitantes concordaram com a escolha do Cinema e Argumento e também elegeram Desejo e Reparação como o melhor da categoria. Abaixo, a preferência dos visitantes na pesquisa realizada:

1. Desejo e Reparação (12 votos, 60%)

2. WALL-E (3 votos, 15%)

3. Batman – O Cavaleiro das Trevas (2 votos, 10%)

4. Sangue Negro (2 votos, 10%)

5. Ensaio Sobre a Cegueira (1 voto, 5%)

13 comentários em “Melhores de 2008 – Trilha Sonora

  1. Weiner, essa é a principal característica da trilha de Marianelli – um trabalho cheio de paixão!

    Vinícius, “WALL-E” quase venceu aqui, mas a trilha de “Desejo e Reparação” me marcou mais.

    Rafael Oliveira, pode votar sim! A enquete está no post.

    Sérgio, a minha favorita de “Sangue Negro” é “Future Markets”.

    Vinicius Silva
    , não conferi a trilha de “Cidade Tranqüila”… E quanto a trilha de “Na Natureza Selvagem”, ela não se classificou aqui. Afinal, só considero composições instrumentais originais. E nesse setor, o filme de Sean Penn se sai melhor nas músicas cantadas por Eddie Vedder.

    Robson, obrigado!

    Kau, a trilha do Marianelli é uma das mais bonitas dessa década!

    Kamila, concordamos em nossa escolha e comentários!

    Wally, espero que nossa lista seja parecida (principalmente no vencedor haha).

    Rafael Moreira, lembro que fiquei impressionado com os sons da máquina de escrever se misturando com a trilha!

    Luis Fernando, a trilha de “WALL-E” é muito boa mesmo!

  2. Incontestável. “Desejo e Reparação” possui a melhor trilha sonora do ano. É fantástico Dario Marianelli misturado sons de máquina de escrever com a trilha. Genial.

    Abraço!

  3. Seus indicados devem repetir na minha lista, com uma ou outra mudança. Mas também tenho uma lista de filmes pra ver ainda…

    Ciao!

  4. Gostei muito da sua seleção nesta categoria e meu voto foi para “Desejo e Reparação”. A trilha do Dario Marianelli é uma das melhores do ano e vai ficar na minha lembrança por muito tempo.

  5. Matt, acho a trilha de Dario para Atonement magnífica! Acrdito, inclusive, que seja uma das melhores desta década. A de Sangue Negro é outra obra-prima: consegue, de forma, impressionante, passar todo o sentimento de ganância de Plainview.

    Grande lista!! Abraços.

  6. É verdade, Matheus. A trilha de Marianelli é lindíssima. Agora eu não gosto muito da trilha de Ensaio Sobre a Cegueira. No lugar desta, eu talvez colocasse alguma outra. Talvez “Cidade Tranquila”, que tem uma trilha bastante simples, seguindo a linha do filme. Mas eu gostei, principalmente pela lembrança da trilha de Hans Zimmer e James Newton Howard, uma vez que esta transformação de um mero filme de super-herói em épico está diretamente ligado ao alcance da trilha sonora criada por ambos.

    Abraços e Feliz Natal.

  7. Adoro a trilha de Desejo e Reparação e ela entra na minha lista também, mas a vencedora para mim seria a de Sangue Negro sem dúvidas… em destaque especial para a faixa ´´Prospectors Arrive“.

  8. Ué, não pode mais votar, não?

    De qualquer forma, por mais que admire muito a trilha de Desejo e Reparação (e também a edição de som, com os toques da máquina de escrever se misturando à música), Para mim Sangue Negro é imbatível nessa categoria, um trabalho magistral e grandioso como o filme de PTA. A trilha de WAll-e é outro achado!

  9. Realmente a trilha de “Atonement” é fantástica e possui algumas das melhores composições do ano, mas fiquei um tanto surpreso por “WALL-E” não vencer aqui. Todas devem estar na minha lista, à exceção de “Ensaio Sobre a Cegueira” – que possui um bom trabalho mesmo.

  10. Gosto de ver as pessoas concordando quanto à trilha de “Desejo e Reparação”. O trabalho de Marianelli me lembra um romance shakesperiano, cheia de paixão, dor e tragédia – é o trabalho mais impressionante do ano, sem dúvida.
    Engraçado, eu não gostei muito da trilha de “Ensaio”, ainda que concorde com seu comentário. Os demais indicados são excepcionais, a trilha de “Sangue Negro” é macabra, produz calafrios; a de “Wall-E” é doce, alegre e contagiante e a de “Batman”, eletrizante.
    Um abraço, Matheus e boa semana!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: