Melhores de 2008 – Roteiro Original

art09

A Pixar conseguiu pela segunda vez consecutiva se sair vencedora nessa minha categoria. Se Ratatouille era uma maravilha em sua história, WALL-E conseguiu ir além – discursou sobre solidão, romance e alienação humana com uma habilidade absurda. Tudo isso temperado com muita aventura e momentos inesquecíveis. Além de todo o apuro técnico do longa, WALL-E também possui um roteiro espetacular, de dar inveja a muito filme por aí. É animação na essência, mas o filme tem um tom muito intelectual e uma trama adulta que as crianças talvez nem compreendam. Por unir tantas maravilhas em noventa minutos, o roteiro de WALL-E se sai vencedor nessa categoria. Simplesmente espetacular! Vencedor do ano passado: Ratatouille.

savagessA Família Savage / Convenhamos, o roteiro de A Família Savage não tem nada de muito original, mas conduz de forma excelente todos os conflitos dramáticos existentes no longa. Sem falar de dar espaços ideais para que as atuações brilhem e para que a dramaticidade nunca fique de lado. O resultado, então, é extremamente satisfatório para um filme de drama que procura discutir feridas familiares.

junnoJuno / O filme de Jason Reitman só foi lembrado nessa categoria na minha premiação. E não é citação de consolação, Juno tem uma história muito acessível para um tema tão difícil. O roteiro é agradável, compente em suas emoções e iluminado em suas originalidades. É de se admirar que uma novata nesse setor tenha se saído tão bem. Afinal, são poucos os filmes cômicos que conseguem ser tão pop como esse.

bareadingQueime Depois de Ler / Uma excelente aula de como se fazer uma comédia inteligente e com muita agilidade. Por mais que o resultado seja simples, Queime Depois de Ler funciona muito bem. É cheio de tiradas inteligentes e situações originais que são incorporadas com grande qualidade pelas figuras do elenco. Mais um presente dos irmãos Coen, que a cada dia se tornam mais interessantes.

vcbarcelonaVicky Cristina Barcelona / Woody Allen continua falando sobre relacionamentos e continua acertando. É excelente a forma como ele consegue criar um roteiro charmoso e inteligente, onde praticamente todos podem se identificar com as situações ou com os personagens. As figuras criadas são verossímeis e as questões sentimentais impecáveis. Só faltou um pouco mais de ousadia na estrutura. Mas isso é mero detalhe.

Os visitantes concordaram com a escolha do Cinema e Argumento e também elegeram WALL-E como o melhor na categoria. Abaixo, a preferência dos votantes na pesquisa realizada:

1. WALL-E (10 votos, 42%)

2. Juno (5 votos, 21%)

3. Queime Depois de Ler (5 votos, 21%)

4. Vicky Cristina Barcelona (3 votos, 13%)

5. A Família Savage (1 voto, 4%)

9 comentários em “Melhores de 2008 – Roteiro Original

  1. Pingback: Melhores de 2009 – Roteiro Original « Cinema e Argumento

  2. Leonardo, eu acho que todos os roteiros citados merecem o prêmio. Mas “WALL-E” dispara na frente por causa de sua enorme originalidade.

    Kamila, “Juno” é o meu último colocado entre os cinco.

    Vinícius, vamos torcer pelo roteiro de “WALL-E” no Oscar. Inclusive, até acho que ele tem grandes chances de vencer.

    Ibertson, “A Família Savage” não foi uma grande surpresa pra mim, mas eu adorei o roteiro!

    Bianca
    , vi sim. Meu favorito foi “Chega de Saudade”, mas espero ver “Linha de Passe” logo.

    Kau, não vi “Antes Que o Diabo Saiba Que Você Está Morto”.

    Yuri, concordamos no vencedor, então! \o/

  3. Gostei da lista… meu vencedor é “Wall-E”, mas gosto de “Família Savage” também… e concordo com o Kau, senti falta de “Antes que o Diabo saiba que você está morto”… êta nome grande.

    Abraços.

  4. Queime depois de ler é realemnte incrivel.
    mas por acaso vc viu algum filme nacional ano passado?

  5. Votei no pequeno grande A Família Savage, uma verdadeira surpresa para mim.
    Preciso ver Vicky Cristina Barcelona e Queime depois de ler.

  6. Bem, você sabe que eu amo “WALL-E” e qualquer vitória do filme é bem-vinda para mim! Apesar de gostar dos demais indicados (especialmente “A Família Savage”), acho que a animação é imbatível nesse quesito mesmo – o que é curioso visto que não tem tantos diálogos. E a Pixar continua seu merecido reinado aqui…

  7. Da sua ótima lista de indicados, ainda não conferi “Queime Depois de Ler”. Só divergimos na hora de escolher o vencedor. Para mim, o melhor roteiro original do ano é o de “Juno”.

  8. Dentre os que listou, fico na dúvida entre todos, excetuando ‘Familia Savage’. Mas fico com ‘Juno’ por esses motivos apresentados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: