Marleni

marleni

Recentemente publiquei aqui no blog que conferi um documentário sobre a atriz Marlene Dietrich. Pois bem, essa semana tive o prazer de ser convidado a assistir uma peça que narra um fictício encontro entre a cultuada atriz e a famosa cineasta alemã Leni Riefenstahl. A história se passa em 1992 quando Dietrich, já debilitada pela idade, recebe a visita de Leni, que pretende fazer o último filme de sua carreira com a atriz.

Estrelando Araci Esteves como Marleni Dietrich e Ida Celina Weber como Leni Riefenstahl, o espetáculo Marleni conta com a direção de Liliana Sulzbach e Márcia do Canto. Mais do que um trabalho de duas excelentes atrizes, a peça também tem como grande atrativo o texto de Thea Dorn. A encenação é uma reflexão sobre a vida, sobre sucesso e sobre frustrações.

O mais interessante que existe nesse encontro fictício é a dualidade de personalides que vemos em cena. Enquanto Dietrich vive puramente do passado e despreza a sua atual situação, Leni ainda anseia por momentos de glamour, especialmente porque acha que a parceria com Dietrich em seu novo filme pode trazer as duas de volta para o estrelato.

Certamente não é uma peça para qualquer público, já que são 80 minutos  ininterruptos de puro diálogo – todos eles no mesmo cenário.  Mas são divagações interessantes sobre saudosismo e sentimentalismos, que são interpretados com grande precisão e carisma pelas duas ótimas atrizes em cena. Marleni aposta na simplicidade de seu conjunto e acerta no seu resultado.

ps: deixo aqui o meu agradecimento para a diretora Liliana Sulzbach, que gentilmente me cedeu um convite para assistir ao espetáculo.

3 comentários em “Marleni

  1. Kamila, eu vou muito pouco ao teatro. Primeiro porque poucas produções chegam por aqui e segundo porque é sempre muito caro. Mas acho sensacional a arte teatral!

    Vinícius, eu fiquei mais curioso ainda por elas depois da peça!

  2. Pelo que você comentou aqui, a peça parece ter um ótimo texto e o tema central é realmente muito interessante. Certamente fiquei mais curioso pelas duas personagens…

  3. Matheus, que legal. Faz tempo que não vou ao teatro, mas acho que iria gostar de conferir esta peça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: