Ensina-Me a Viver

Baseada no filme Ensina-Me a Viver (Harold and Maude), de 1971, a peça de mesmo nome é estrelada por Glória Menezes, que está de volta aos palcos de Porto Alegre para representar Maude. O espetáculo é dirigido por João Falcão (diretor do longa-metragem A Máquina) e segue fielmente o texto do filme de Hal Ashby. Ainda no elenco temos nomes como Arlindo Lopes, Ilana Kaplan, Fernanda de Freitas e Antônio Fragoso.

Harold é um adolescente que tem problemas emocionais. Com uma mãe excessivamente controladora e manias mórbidas, ele tem  o hábito de frequentar funerais de desconhecidos. Maude é uma senhora apaixonada pela vida, que não tem medo de arriscar e sempre vê com muita irreverência as situações da vida. Ela também frequenta funerais de desconhecidos, mas com um valor terapêutico diferente do jovem garoto. Quando ambos notam um ao outro em diversos funerais, surge então uma amizade muito especial e que, mais tarde, vai originar um inesperado romance entre os dois.

Assim como o filme – que é considerado cult por muitos (e é o romance favorito da personagem de Cameron Diaz em Quem Vai Ficar Com Mary?) – a peça não chega a ser memorável. Os personagens são simpáticos e a história inusitada, mas em momento algum consegue se sobressair em determinado aspecto ou ser de maior significância. Contudo, é a presença da veterana Glória Menezes que faz o espetáculo valer a pena. Extremamente à vontade e iluminada no papel, Glória surge radiante, construindo uma adorável figura. A mesma competência pode ser dita do seu companheiro de cena: o jovem Arlindo Lopes apresenta talento o suficiente para representar ao lado de Glória.

Ensina-Me a Viver, portanto, pode não ser espetacular, mas consegue ter alguns excelentes aspectos. Além do elenco dar verossimilhança para a história que está sendo encenada, contamos com algumas cenas cômicas bem interessantes e que dão ritmo para o desenrolar da história. Sem falar da boa direção de João Falcão. Misturando comédia e humor, o espetáculo pode até emocionar os mais sensíveis e divertir os menos exigentes. É uma experiência válida.

7 comentários em “Ensina-Me a Viver

  1. já vir esse filme, mais pedir com glória no teatro,acho que so pode ter ficado fantastico. glória estar á altura da pesonagem. muita meda para vc glória .

  2. Essa peça é incrível!.. A melhor que já vi na vida!!…
    Há algo inexplicável nela que só quem vai que entende…
    Vale a pena..
    Melhor que o filme!

  3. Foi incrível essa peça, a presença de palco e a energia que Glória passa é maravilhosa, sem contar o elenco, trilha sonora e a decoração do palco. Foi demais! Parabéns pelo espetáculo!!!!

  4. Vinícius, já que você gostou da versão cinematográfica, você teria gostado dessa versão teatral.

    Cleber
    , eu ADORO ir ao teatro, pena que aqui em Porto Alegre seja tão caro e com tão poucas peças interessantes…

    Kamila, então acho que você só aprovaria o desempenho da Glória, já que a peça é extremamente igual ao filme.

  5. Como assisti ao filme que originou a peça e não gostei, acho que não gostaria de conferir este trabalho teatral, apesar da presença da ótima Glória Menezes.

  6. Essa peça estava em cartaz aqui no Nordeste, mas perdi a oportunidade de conferir (por questão de 1 dia!). Eu adoro “Ensina-me a Viver”, inclusive também considero esse filme como um cult, portanto adoraria ver essa versão encenada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: