Melhores de 2009 – Atriz Coadjuvante

Alguns consideram Kate Winslet como lead actrees em O Leitor. Já eu a considero uma personagem secundária – mesmo que a trama se desenvolva por causa das suas atitudes. Comparada ao protagonista, ela tem um espaço bem mais limitado em cena e, em determinados momentos, fica muito em segundo plano. Independente disso, Winslet tem um desepenho visceral como a misteriosa e complicada Hanna Schmitz. Ela se entregou de corpo e alma para a personagem, despindo-se de qualquer beleza para mostrar ao espectador como Hanna era uma mulher verdadeira. Winslet poderia facilmente cair no lugar comum ao vitimar a personagem ou até mesmo deixar de humanizá-la. Mas, faz justamente o oposto: ela provoca o espectador. Ao mesmo tempo em que sentimos pena da personagem, também não deixamos de puni-la pelo que ela fez. Uma personagem extremamente complicada, mas que nas mãos de uma atriz do calibre de Winslet recebeu uma abordagem sensacional. É a segunda indicação da inglesa aqui no blog (concorreu antes como protagonista por Pecados Íntimos) e a primeira vitória. Em anos anteriores: 2006 – Meryl Streep, por O Diabo Veste Prada, 2007 – Imelda Staunton, por Harry Potter e a Ordem da Fênix e 2008 – Marcia Gay Harden, por O Nevoeiro (escolha dos leitores: Penélope Cruz, por Vicky Cristina Barcelona)

VIOLA DAVIS (Dúvida)

É necessária uma presença muito forte para roubar a cena em poucos minutos de aparição. Mais do que isso, Viola Davis ainda conseguiu brilhar mais do que a veterana Meryl Streep quando ambas contracenaram juntas. Desconhecida e emergindo para o cinema com um papel contundente, Davis emociona ao mostrar toda a força amorosa que uma mãe tem pelo filho. Ajudada por um texto excepcional, ela conseguiu uma indicação ao Oscar de coadjuvante – e deveria ter saído da festa com a estatueta em mãos.

ROSEMARIE DEWITT (O Casamento de Rachel)

Subestimada pelas premiações – e também pelo público – Rosemarie DeWitt é uma das figuras mais interessantes do mosaico familiar apresentado por O Casamento de Rachel. Ela, que pode muito bem estar no nível (e até melhor) que a protagonista Anne Hathaway, tem uma atuação digna de elogios, onde fica visível o entendimento que tem sobre a sua personagem e sobre o contexto em que ela esta inserida na história. DeWitt é, realmente, uma ótima atriz e que aqui está em um momento iluminado.

ELSA ZYLBERSTEIN (Há Tanto Tempo Que Te Amo)

A principal marca da atuação de Elsa Zylberstein é o completo oposto que ela exerce sob a sua companheia de tela, Kristin Scott Thomas. Enquanto Kristin é a reclusa e a sileciosa, Elsa encarna a sentimental e a comunicativa irmã. O que é algo muito interessante, pois traz um certo alívio em relação ao papel gélido da protagonista. Zylberstein aparece muito a vontade em cena, conseguindo provar uma notável maturidade que a transforma num dos melhores pontos de Há Tanto Tempo Que Te Amo.

AMY ADAMS (Dúvida)

Não sei se a palavra coadjuvante é apropriada para definir a participação de Amy Adams em Dúvida, mas ela se encaixa mais nessa categoria do que na de protagonista. Adams mais uma vez faz o papel da menina meiga e ingênua, mas aqui o personagem é mais complexo e bem trabalhado do que o habitual. Como a freira indecisa que fica no meio do confronto entre Aloysius (Meryl Streep) e Flynn (Philip Seymour Hoffman), ela demonstrou que continua sendo uma das atrizes mais interessantes da sua geração.

_

Escolha do público:

1. Kate Winslet, O Leitor (47%, 17 votos)

2. Viola Davis, Dúvida (22%, 8 votos)

3. Amy Adams, Dúvida (14%, 5 votos)

4. Rosemarie DeWitt, O Casamento de Rachel (8%, 3 votos)

5. Elsa Zylberstein, Há Tanto Tempo Que Te Amo (8%, 3 votos)

008 – Marcia Gay Harden, por O Nevoeiro (escolha dos leitores: Penélope Cruz, por Vicky Cristina Barcelona)

10 comentários em “Melhores de 2009 – Atriz Coadjuvante

  1. Rafael, eu também gostei da Debra Winger em “O Casamento de Rachel”, mas achei que ela poderia ter tido mais espaço em cena.

    Brenno, obrigado!

    Reinaldo, acho que em segundo lugar eu colocaria a Viola Davis por “Dúvida”.

    Luís, exatamente. Na imagem maior a vencedora da categoria e as restantes, as indicadas =) E que bom ver alguém que concorda comigo quanto a Anne Hathay – acho a atriz boa em “O Casamento de Rachel”, mas longe de ser o grande desempenho que todos apontam.

    Lucas, a caracterização de Helena Bonham Carter é ótima em “Harry Potter”. Mas acho que o personagem coadjuvante tem que ter presença, importância na trama. Ela até tem certa relevância na história, mas longe de ser algo muito considerável – e os méritos são mais da personagem do que da atriz.

    Acauã, eu também me emocionei \o/ “It’s just ‘till june”

    O Estrangeiro, bom ver pessoas admirando o trabalho de Amy Adams em “Dúvida”. Apesar das indicações dela a prêmios, achei que ela foi bem subestimada.

    Nando, como você viu no post, pra mim, ela é coadjuvante.

    Weiner, a Melanie quase entrou na lista!

  2. Também vejo kate Winslet como atirz coadjuvante em “O Leitor”, pois apesar de ser o pivô de vários acontecimentos, o filme é todo sobre a ótica do personagem de Phiennes – e quase tudo que acontece está subordinado à ele. Adorei a menção da atriz coadjuvante de “I Loved you So Long”, e claro, das duas ótimas atrizes de “Dúvida”. Mas senti falta de Melánie Laurént (ok, sei que a atuação dela não te conquistou). =)

  3. votei na amy adams, apesar da kate winslet ter se destacado.

    mas como vc disse, coadjuvante não é tão apropriado pra ela aqui!

    abs

  4. Já sabe que considero Winslet principal nesse filme, então não estou considerando :P
    Fico com Viola Davis, me emocionei na cena dela!

  5. meu top 5

    1-helena bohan carten(sim,ninguem acha muito boa,mas eu achei perfeita a sua atuação em harry potter ,até hj lembro da sua cara)

    2- taraji p henson
    3-viola davis
    4-amy adans
    5-marion cotilard

    das suas só vi essas duas da minha lista,e prefiro viola davis,mas kate wislet parece ter uma grande atuação

  6. Matheus, eu tenho uma dúvida. O que sãoe sses posts que você tem publicado? Você está mostrando aquelas que você indicou a uma categoria e, na imagem maior, a vencedora que você escolheu? E todas as indicações provém de filmes lançados apenas no ano de 2009?!

    Então, no Oscar desse ano, eu achei bem estranho a presença de Wsinlet como lead actress, porque, para mim, ela é claramente coadjuvante. O prêmio a ela foi certamente por débito, uma vez que ela já esteve em atuações melhores e não foi premiada. Até comentei que ela poderia facilmente ser merecedora do prêmio se concorresse na categoria. Gostei absurdamente de Amy Adams e nunca a vi tão bela e talentosa num filme. Numa disputa entre as cinco atrizes que você propôs, acredito que haveria concorrência apenas entre essas duas: Winslet e Adams. Viola Davis, na minha opinião, estava apenas correta, porém, tão logo que sai de cena, esquecível. E a única pessoa correta de O Casamento de Rachel é Anne Hathaway – correta, apenas. Todos os outros estão numa atuação razoável e eu não indicaria ninguém, talvez nem mesmo Hathaway.

    Então, no final das contas: Kate Winslet merece.

  7. De O Casamento de Rachel eu indicaria Rosemarie DeWitt e Debra Winger… as duas absolutamente fantásticas ao lado de Hathaway. Considero Winslet também coadjuvante neste papel e sua vitória é bem merecida… Abraço e um Feliz Ano Novo! :)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: