Melhores de 2009 – Direção

Se não fosse por Danny Boyle, talvez, Quem Quer Ser Um Milionário? não teria sido metade do que foi. Se no início do ano todo mundo amava o longa e agora todo mundo desdenha, ao menos uma coisa deve ser levada em consideração: a direção de Boyle permanece intacta. É o fator do filme que sempre vai continuar extremamente interessante a cada revisão. Num ano em que James Cameron e Quentin Tarantino tiveram grandes trabalhos atrás das câmeras, Boyle conseguiu se sobressair. Na minha opinião, mais do que eles. Enquanto Cameron e Tarantino fizeram o que sempre souberam fazer (ou seja, coisas geniais como diretores), o diretor vencedor do Oscar 2009 se superou completamente e foi uma verdadeira surpresa. Agilizou e trouxe uma surpreendente dinâmica para uma história simples – e que nas mãos dele se tornou digna de reconhecimento. Em anos anteriores: 2006 – Alfonso Cuarón (Filhos da Esperança), 2007 – Alejandro González Iñárritu (Babel) e 2008 – Paul Thomas Anderson (Sangue Negro).

KATHRYN BIGELOW (Guerra ao Terror)

É complicado avaliar a direção de Guerra ao Terror. Na minha opinião, esse setor tem destaque por ser justamente uma mulher que está comandando tudo atrás das câmeras. Tenho certeza que se fosse um homem, não teria metade do reconhecimento que está tendo em diversas premiações. Mas, convenhamos, Bigelow mostrou que mulheres não são só sentimentalismos e donas de histórias intimistas!

QUENTIN TARANTINO (Bastardos Inglórios)

Mesmo quando seus filmes não são lá essas coisas no roteiro (como é o caso aqui), Tarantino sempre dá um jeito de mostrar que é um cara genial. E costuma fazer isso de forma brilhante. Bastardos Inglórios é um trabalho excepcional de direção, onde Tarantino inova com muita originalidade um gênero tão corriqueiro no cinema. Seja pela trilha, pelos enquadramentos ou pela direção de elenco. Tarantino sabe o que faz. E sabe muito bem.

JAMES CAMERON (Avatar)

James Cameron. Só o nome já significa tudo. Não existe muito a ser dito. Dono de incríveis espetáculos visuais durante toda a sua carreira, ele mais uma foi brilhante como diretor no arrasa-quarteirões chamado Avatar. Por onde o filme passou, arrancou aplausos e muita bilheteria. Méritos todos do diretor, uma pessoa muito empenhada no que faz e que sabe exatemente o que o público quer ver nas telonas.

STEPHEN DALDRY (O Leitor)

Acadêmico. Metódico. Esquemático. Daldry foi acusado de tudo isso. Eu, de certa forma, concordo. E aprecio demais isso no diretor. Adoro o jeito como Daldry comandou a história de O Leitor. A todo momento fica aquela sensação de um filme bem feito, bem arquitetado. Dentro do que se propõe, o diretor inglês se sai muito bem e é uma pena que o público não o tenha apreciado como deveria.

_

Escolha do público:

1. Danny Boyle, Quem Quer Ser Um Milionário? (38%, 18 votos)

2. Quentin Tarantino, Bastardos Inglórios (32%, 15 votos)

3. James Cameron, Avatar (17%, 8 votos)

4. Kathryn Bigelow, Guerra ao Terror (9%, 4 votos)

5. Stephen Daldry, O Leitor (4%, 2 votos)

19 comentários em “Melhores de 2009 – Direção

  1. 3 aí acho geniais: Boyle, Tarantino e Cameron. Acho Bigelow a melhor coisa de “Guerra ao Terror” – ao lado da montagem – mas nada digno de reconhecimento maior. E o mesmo vale para Daldry. Acho que a força de “O Leitor” reside no roteiro.

  2. Votei no James Cameron, mas, sinceramente, não entendi seus critérios para colocar a Kathryn Bigelow na lista de indicados. Se o trabalho dela como diretora é complicado e só se destaca porque ela é mulher (eu subentendo que, se fosse um homem dirigindo “The Hurt Locker”, não seria nada demais), o que ela está fazendo aí entre os indicados???

  3. Faço as minhas palavras as do Wally À respeito de “O Leitor”. E também concordo com a Kamila, acho que THL está tão balado com está por ser uma mulher na direção, o que eu acho ótimo ver que as cineastas estão se destacando mais. Acho que a melhor direção do ano foi a de Tarantino. Daldry é um diretor muito talentoso, mas não consegui ver tamanha beleza em “O Leitor” exceto pela atuação de Winslet. Gostei de seus indicados, só não tanto do vencedor, mas Boyle merece!

  4. Wally, acho que eu sou a única pessoa que admira o trabalho de Daldry como diretor em “O Leitor”.

    Kamila, a direção dela não é complicada. Complicado é analisar o trabalho dela, livrando-se da comparação masculino/feminino. Como eu disse no post, fica aquela sensação de que o trabalho é excepcional justamente porque ela é uma mulher… E, por isso, por ser uma mulher e realizar um filme desses, acho que ela tem que receber reconhecimento! Não é todo dia que se vê uma pessoa do sexo feminino realizando um filme com essa habilidade e segurança.

    Rafael, eu consegui ver beleza na direção de Daldry. Mas, talvez, por eu ser um baita fã de “O Leitor”.

  5. Desde de a primeira vez que vi Quem quer ser um milionário, não consegui encontrar algo realmente bom neste filme. A direção de Danny Boyle é deselegante e pesada e nem deveria estar entre os melhores dessa lista.

  6. Acho o trabalho de direção do Boyle um retrocesso incrível, porque seu primeiro filme conta com uma direção de mestre, e no seu último filme parece coisa de principiante.

    E por mais que a Kathryn Bigelow realize um trabalho primoroso aqui, é Quentin Tarantino o nome da vez, o cara possui uma maturidade tal no ofício que parece que filma brincando.

    E faltou na lista o minimalismo da direção do Tomas Alfredson por Deixa Ela Entrar.

  7. Gosto bastante de todos, mas acho que Boyler (mesmo se rendendo a industria) foi o que salvou e elevou o nível de ‘Slumdog’.

  8. Assino embaixo do que escreveu Rafael Carvalho. Enquanto Tarantino e Cameron continuam geniais, como bem dizem suas palavras, Matheus, Boyle perdeu todo resquício de genialidade que um dia ele possuiu. O grande autor dos anos 90 não merece nenhum aplauso de minha parte.

  9. O trabalho do Danny Boyle é ótimo e também gostei bastante de sua seleção, com maior destaque para Bigelow, Tarantino e Cameron.

  10. Gosto de todas essas direções, apenas tenho problemas com o filme do Danny Boyle, em especial o roteiro. A minha preferida para ganhar o Oscar é Kathryn Bigelow, mas uma vitória de Tarantino seria muito justa também. Tenho acompanhado bem o trabalho de seu blog e já o coloquei nos links do meu blog, que é o meu primeiro e criei hoje, meio que influenciado pela minha paixão pelo cinema e pela admiração que tenho por blogs como o seu e o central de prêmios, a grande arte, além da SBBC. Se possível entre no meu blog depois, como eu disse, o criei a pouco e gostaria dos seus comentários. Obrigado e parabéns.

  11. O melhor diretor do ano é realmente Danny Boyle! Excepcional! Melhor direção de sua carreira, e vai ser difícil conseguir igualar o nível alcançado. A direção de Tarantino, apesar de eu admitir ser o que salva o filme, não merece destaque pra mim entre as melhores do ano. James Cameron está novamente muito seguro no que faz, mas não foi o diretor mais competente em 2009. O trabalho da Kathryn ainda vou conferir, com muita expectativa. Mas uma pequena observação; eu acho que tu não é o único que admira o trabalho do Stephen Daldry na direção de “O Leitor” não! Pra mim, depois de Boyle, ele é o melhor da tua lista, e na minha lista ele também é indicado! =D

  12. Wally, eu acho que a Bigleow é o grande ponto a ser reconhecido de “Guerra ao Terror”.

    Kamila, já entendeu, então \o/

    Rafael, eu sou fã do Stephen Daldry. Para mim, ele só acertou até hoje!

    Alexandre, a direção do Boyle foi o que mais me impressionou quando assisti ao filme pela primeira vez.

    Rafael Carvalho, ainda não assisti a “Deixe Ela Entrar” =/

    Reinaldo, não acho problemático.

    Vinícius, sabe mesmo!

    Luís Galvão, penso exatamente isso! Ele é o grande nome de “Quem Quer Ser Um Milionário?”.

    Nando, eu acho que ele continua ótimo.

    Vinícius P., que bom que gostou da lista \o/

    Nelson, eu torço para a Kathryn Bigelow também.

    Vinnie, bom saber que alguém também defende o Stephen Daldry!

    Mayara, pois então procure ver. Não acho “Guerra ao Terror” lá essas coisas, mas o trabalho dela é ÓTIMO!

  13. Ah tá… Você não viu “Deixa Ela Entrar”? Eu bem que estava estranhando o silêncio a respeito. Então aceite a recomendação de tantos leitores e vá ver, rapaz!

  14. Pingback: Melhores de 2013 – Direção | Cinema e Argumento

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: