Mr. Nobody

There comes a time in life where everything seems narrow. Choices have been made. I can only continue on. I’ve done everything to reach this point and now that I’m here, I’m fucking bored. The hardest thing is knowing whether I’m still alive.

Direção: Jaco Van Dormael

Elenco: Jared Leto, Sarah Polley, Diane Krueger, Rhys Ifans, Linh-Dan Pham, Natasha Little, Juno Temple, Daniel Mays, Michael Riley

Canadá, 2009, Drama/Ficção Científica, 138 minutos

Sinopse: Em um futuro não muito distante, Nemo Nobody (Jared Leto) tem 120 anos de idade e é o último mortal a conviver com as pessoas imortais. Durante esse período, ele relembra os seus anos reais e imaginários de casamento.

Como você sabe que está assistindo um filme marcante na sua vida? Bom, eu identifico da seguinte maneira: quando, durante o filme, olho para o relógio e começo a desejar que o tempo nunca passe, pois nunca mais aquilo que está sendo reproduzido na tela será inédito para mim. Quero manter o encatamento e ficar, para sempre, com aquela sensação de que cada cena me surpreende. Foi exatamente assim que me senti ao assistir Mr. Nobody, uma produção do ano passado que até agora não tem título nem futuro definido no Brasil.

Mr. Nobody não é uma produção grandiosa e nem foi comandado por um diretor que todo mundo elogia horrores mesmo quando o resultado não é nada demais. Também, não encontramos aqui atores consagrados ou uma produção que acumulou inúmeros prêmios. O filme, na realidade, tem um caráter independente e até hoje passa despercebido em todos os cantos do mundo. É o caso de uma injustiça sem tamanho. Mr. Nobody, além de ser um filme que funciona em todos os aspectos, transborda originalidade.

Pode-se imaginar que o nome do diretor Jaco Van Dormael seja o de um iniciante. Mas, não é. Esse belga de 53 anos de idade já ganhou prêmio em Cannes e ainda foi indicado ao BAFTA e ao Leão de Ouro em Veneza (nesse caso, por Mr. Nobody). Os maiores méritos dessa produção estrelada por Jared Leto são praticamente todos de Van Dormael. Ele, que dirigiu e escreveu o roteiro, demonstra absurda genialidade na realização desse projeto. A própria história, que une ficção e drama, e também a dinâmica direção são o ponto alto.

É uma história sobre possibilidades e sobre como nossas vidas podem ser diferentes caso uma escolha seja diferente. Mas, comentar qualquer coisa sobre o enredo de Mr. Nobody é estragar a completa surpresa que ele traz. Tanto, que não consigo expressar muito bem tudo o que esse filme me passou. Não falei metade dos elogios que eu poderia falar e muito menos de alguns tropeços que noto em certos momentos (e que nem chegaram a me incomodar). Acho que apenas uma frase já basta: um dos filmes da minha vida.

FILME: 9.0


82 comentários em “Mr. Nobody

  1. Eu realmente achei um filme realmente muito bom.
    Eu tenho um trabalho de filosofia sobre cultura e o meu tema é cinema. Em que aspectos o filme poderia ser considerado cultura ?

  2. Como toda obra de arte, o filme toca cada espectador de forma diferente. As escolhas, ou no caso, a dificuldade em fazer escolhas cruciais em momentos críticos da vida, nos instiga na medida em que fazem eco com nossas próprias experiências. As incertezas quanto às consequências ou desdobramentos decorrentes de cada escolha, principalmente daquelas que são irreversíveis, são fontes de grandes angústias. O filme nos dá a oportunidade de viver e reviver as possibilidades de uma forma única, com criatividade e dramaticidade. Buscar no filme uma lógica ou um fechamento da história estraga o que ele tem de melhor que é a ambiguidade com que trata essas questões. As interpretações podem ser várias, a depender de quem vê, podendo fazer mais sentido a uns do que a outros, mas mexendo com a cabeça de muitos. Por isso mesmo que gostei muito do filme.

  3. Acho que este é o tipo de filme atemporal, e fiquei com a sensação de que cada vez que o assistirmos poderemos fazer uma leitura diferente da anterior. Ele é drama, ficção, romance e até um pouco comédia, nos ensina e nos faz pensar em muitas coisas, como por exemplo: não existe escolha certa ou errada, que mesmo que achemos q a nossa escolha não tenha sido a melhor, ainda é melhor se escolher do que não fazê-lo: o que te faz se sentir atraído por uma pessoa e não por outra no primeiro momento??? O elenco tb é muito bom, na minha opinião acho q talvez tenha sido a melhor atuação do Jared Leto, mais até por sua interpretação como o Nemo idoso e a sua caracterização ficaram absurdas. tem momentos q fica até difícil de se acreditar q é ele mesmo. Vou ver novamente.

  4. Pingback: SR. NINGUÉM | O SUBMUNDO

  5. Foi um dos melhores filmes que já na vida! O interessante é que foi um acaso eu assistir esse filme… O roteiro, os textos… tudo muito bem encaixado, tudo fazendo você perder horas pensando: poxa, será que é isso? ” […] como fazer a distinção entre ilusão e realidade? […]” … Verdadeiramente um filme que sempre deve ser indicado a qualquer pessoa…

  6. Pingback: Coisas que andei assistindo: Coraline, Três Vezes Amor e Mr. Nobody | Antropomorphica

  7. Sério que tanta gente achou surpreendente e intrigante as reviravoltas do filme e o fato de deixar trocentas possibilidades em aberto? O que eu vi foi uma mistura O curioso caso…, A Origem, A.I., Efeito Borboleta e um monte de filmes voltados à temática ‘manipulação das possibilidades’ + mundo futurista/artificial + “senta que eu vou te contar uma história que envolve minha infância e como perdi/conquistei o grande amor da minha vida”. Mr. Nobody para mim é uma mistura de sensações que já vi em trocentos outros filmes. A maior diferença para mim é que esse não deu certo. E pelo amor de Deus, tá difícil de acreditar que alguém achou esse filme um espelho de debate filosófico para teorias físicas complexas. Se for assim, daqui a pouco, vamos ver teses de doutorado sobre a complexidade de Efeito Borboleta!

    Filme mediano, não traz muita coisa nova não – e irrita com mais de 2h desnecessárias. Só.

  8. o filme aborda um assunto muito complexo.
    somos frutos do que podemos… queremos… ou devemos ser?
    mas escolher o que poderia ser coerente para se ter uma vida onde tudo faça sentido, é complicado.
    instintos e ações involuntárias, impedem isso.
    orgulho, medo, e indecisões; nos deixa a mercê de acontecimentos jamais esperados.
    Deus nos deu a vida, nos deu ensinamentos, e sempre nos orienta.
    o que passamos na vida; bom, ou ruim… é o resultado de nossas escolhas.

  9. Eu só achei muito estranho ter usado praticamente o mesmo diálogo do final de A Vida Secreta das Palavras com a Sarah Polley na parte que ela meio que surta.
    Estou digerindo ainda esse filme. Apesar de confundir minha cabeça, eu gostei.

  10. Pingback: Coisas que andei assistindo: Coraline, Três Vezes Amor e Mr. Nobody | The Play Room

  11. Pingback: Coisas que andei assistindo: Coraline, Três Vezes Amor e Mr. Nobody | The Play Room

  12. acho que só eu que “não achei tudo isso”, achei um filme interessante, com um proposta interessante.. porém, não há nada de inovador, a vida é feita de escolhas, o filme mostra (de forma um pouco ‘embaralhada’, digamos, confusa) como seria se o protagonista tivesse optado pelas outras alternativas que a vida sugere, mas, basicamente, é só isso…
    olha eu não costumo ser “do contra”, mas nota 9.0 na minha humilde opinião é um exagero, eu daria 7.0, a trilha sonora é muito boa e os atores também.

  13. Faço de suas palavras a minha, eu acabei de ver o filme e estou simplesmente sem palavras, dai eu resolvi ler alguma critica pra ver se consigo encontrar palavras que me mostre o que eu estou sentindo e dai encontro a sua maravilhosa critica e me identifiquei, é um filme extremamente marcante, difícil e muito emocionante! esse filme mexeu completamente com a minha vida e por incrivel que pareça eu penso muito nisso (escolhas) e eu gostaria de ser que nem ele, viver várias vidas, mesmo que elas estejam apenas na minha cabeça!

  14. Ótimo esse filme,com um dos melhores atores,na minha opinião.Esse filme mudou a minha vida !

  15. Acabei de assistir Mr. Nobody, fiquei com a cabeça a mil, sabe aquele filme certo na hora certa? É como se tivesse sido feito especialmente para mim, me fez repensar muitas coisas e posso dizer que mudou minha vida, percebi que não faz sentido pensar que seria melhor ter feito uma escolha diferente, cada escolha que fazemos cria um novo futuro, mas ao mesmo tempo elimina outro com as escolhas que deixamos de fazer, e nada garante que não te levará ao mesmo lugar. Fazer ou não fazer? Ir ou não ir? Direita ou esquerda? Quase sempre escolher é uma tarefa difícil, mas toda escolha é certa, todo caminho é o caminho certo.
    Como já disseram aqui o filme acontece mais na nossa cabeça, nos faz viajar e pensar nas nossas próprias escolhas, um filme que pode ser interpretado de várias formas, para ser discutido e apreciado muitas e muitas vezes.

  16. É uma obra de arte executada com maestria, irretocável e abundante em detalhes (como o sinal no queixo dos anjos e a latinha de Skol na cozinha do brasileiro – que, aliás, é o próprio diretor fazendo uma pontinha). Se há algum ponto negativo no filme, eu diria que é a atuação de Jared Leto (Nemo Nobody) e Sarah Polley (Elise), que, apesar de boa, está um pouco aquém do merecido pela obra. Infelizmente, comentar detalhes além destes seria uma crueldade enorme de minha parte, uma total desobediência à lei dos meus sentimentos por esse filme.

    Enfim, quem teve a sorte de assistir a Mr. Nobody sabe que é uma experiência única. Sua temática flerta com a de outras pérolas do cinema como Vanilla Sky, Matrix e até mesmo com o novíssimo Inception. Ele humildemente destrói e reconstrói o conceito de bom filme até do mais cético cinéfilo. Certamente, deve ficar para a história! Ao menos para mim!

  17. Acabei de assistir este filme!
    Ele é uma obra prima, uma música aos ouvidos…tudo funciona muito bem.
    Escolheram certo ao escalar Jared, pois ele tem uma sensibilidade muito natural, e faz com que a gente embarque em suas jornada (tantas né rsr)
    A historia é bela, como é a vida! E quem guia esta vida, esta historia, somos nós mesmos! Nós que arquitemos nossas vidas por meio de escolhas, somos responsáveis pela reação que a nossa ação causou!
    Muitos elementos da história servem para nos confundir, mas na verdade, motiva o nosso cerebro a estrategiar o enredo, e nos colocamos no lugar do “Sr. Ninguém”, quem disse que precisa ter um final ou resolução?! A vida é continua, o universo não para, descubra também a sua resolução.

    Quer saber se alguém realmente aprecia o cinema? Assista este filme e discuta posteriormente!
    Ou vão ficar maravilhados com a dinâmica do filme, ou vão dormir… E falam que não entenderam exatamente nada!
    Nota: 9
    @fabio_santos

  18. O Todo é Mente; O Universo é Mental! (Hermes Trimegisto – Cabalion).

  19. Acabei de assistir esse filme.. e vim aqui compartilhar com vocês… esse filme não é bom, é ÓTIMO… Eu sempre dizia que os melhores filmes são aqueles que nos ensinam algo de bom… Esse filme mais que um aula de FÍSICA, CIÊNCIAS, BIOLOGIA, GEOGRAFIA e de todas as matérias juntos… Com certeza se a pessoa tiver um senso critico, boa imaginação e um Qi BOM, vai começar a interpretar a vida de outro modo ..

    MAS SINCERAMENTE.. está mais dificil para mim fazer qualquer escolha….

    kkkkkkkkkkk . só que assistiu que entendeu.

  20. Assisti esse filma há uns 3 meses atrás e acabei de assistir de novo. Vou dizer, isso não é um filme, isso é uma “brainstorming”.

    Vc aprende que as decisões têm um peso, e que cada uma delas pode acabar fodidamente com sua vida, ou lhe trazer muita felicidade.

    Cada palavra que vc diz implica significativamente em o que acontecerá depois. Não basta ir em frente, é preciso pensar, como num tabuleiro de xadrez.

    Esse filme mudou minha vida e acho que a de muita gente.

  21. muitoooo bomm mesmo!! um dos melhores filmes que vi ate hoje é surpreendente todas as voltas que o filme dá todas as prespectivas de vida, foi tudo muito bem penssado!!
    Adorava ler o livro mas está em frances…pode ser que o editem noutras linguas….valia a pena….fico na esperança!!

  22. Tinha esse filme a algum tempo aqui no hd, e por mero acaso dentre tantos outros resolvi assitir ele (nunca tinha ouvido falar dele). Realmente me surpreendi! Exelente! Uma pena que quando chegar no Brasil não terá mesmo conteúdo. Ja que o filme tem duas horas e meia e e imagino que sofrerá bastante cortes.
    Recomendo para todos.

  23. Meu Deus! Já fazem alguns poucos meses que eu assisti a este filme e me lembro que assim acabou, eu simplismente entrei em estado de êxtase! Sabe quando você acaba de ver um filme e fica parada olhando pra tela tentando processar o que você acabou de ver, não sabe de ri ou se chora, é um sentimento de que você finalmente achou uma obra prima, (algo que ultimamente tem sido difícil de encontrar) um filme que você termina de ver e diz, sem dúvida alguma: Esse é um dos melhores filmes que eu já vi em toda minha vida! Não só pelo roteiro que é brilhante, mais também pela montagem dele, a trilha sonora que se encaixa perfeitamente… Queria esquecer tudo o que eu vi, só pra ter o prazer de ver tudo outra vez e sentir toda a emoção que eu senti naquele momento! É um filme único… fantásticamente elaborado, o diretor de uma sensibilidade incrível, conseguiu surpreender a todos no final! Simplismente fantástico! Sem mais…

  24. Filme espetacular, e diga-se de passagem primeira vez que eu olho pra um homem e penso: Que cara lindo. ( e eu sou hetero)

  25. Mais do que excelente!filme que jamais esqueci e jamais esquecerei! tambem nunca tinha olvido falar,meio que tropecei nele um dia destes num site de download! maravilhoso eu acho pouco na minha opnião! praquem nunca assistiu e não encontra em lugar algum pra alugar ou comprar, assista aqui neste site depois apague!http://telona.org/mr-nobody-dvdrip-rmvb-legendado/

  26. Estou louca para ver este filme. Sou fã de Jared Leto (não apenas nos filmes, mas ainda mais nas músicas) e quando soube da história, eu simplesmente fiquei encantada. Fico pensando em como deve ser o filme, de tão doce e tão romântico quanto parece ser.
    Adorei sua resenha dele, muito bem feita. Parabéns. Conseguiu falar sobre o filme sem contar fatos da história. Perfeito. E me deixou ainda com mais água na boca ao dizer que é um filme para a vida.
    Bjs

  27. Eu gostei do roteiro, mas é um tema que na qual há tempos já estou acostumada a pensar e refletir, e cheguei a uma conclusão antes mesmo de descobrir o filme, então não fez nenhuma diferença. Aliás, sinceramente, fiquei um tanto quanto irritada ao terminar de vê-lo.
    Não sei por quê.
    Não apreciei o filme, somente o roteiro.

  28. Um filme realmente único. Possui um roteiro original e super bem elaborado, completamente diferente dos filmes que estão sendo lançados ultimamente. Uma fotografia impecável. Simplesmente magnífico.

  29. Gente, eu estou a procura deste filme desde que estavam produzindo pois sou fã do Jared, mas não consigo. Alguem tem uma dica de loja virtual que o venda?
    Estou no Rio de Janeiro

    • Não chegou no Brasil ainda, por isso você não consegue encontrá-lo.

  30. Pingback: Coisas que andei assistindo: Coraline, Três Vezes Amor e Mr. Nobody « Life Theory

  31. Em uma lojinha de DVD em Osasco acabei encontrando o Mr. Nobody, como sou comprador assiduo de filmes e o dono da loja já me conhece…entregou na minha mão esse filme. Lembro que me disse assim: leve esse filme, tem tudo o que você gosta, é diferentex, intelectualoide e outras formulas que aprecia.

    Dois meses depois estou aqui assistindo o filme. Custei a entender o começo, no meio fiquei um tanto perdido, no fim já começava a me questionar sobre a minha própria existência e escolhas. E como citou de forma precisa o nosso amigo Luis Marcelo, o filme acontece melhor dentro da nossa cabeça.

    Eu estou nessa nebulosa agora. Tentando conceber os 30 anos de minha existência e pensando nas próximas escolhas.

    No final das contas o filme é grandioso pelo que te faz pensar, acho que essa é um das funções da arte do cinema, a arte que causa impacto. Penso que esse é um filme para assistir por várias vezes na vida. E quem sabe assim permanecer confuso como o Jornalista que entrevista o Mr. Nobody, ou degustar essa confusão como o próprio Mr. Nobody.

    O filme é fodástico, assistam e vão querer escrever aqui e não vão conseguir resumir o que tem na mente. É o que está acontecendo comigo agora.

    • Luca Neves você disse que encontrou esse filem para comparar, onde você achou poderia me falar o endereço e o nome da loja, o filme é original? Eu coleciono filmes e este é o meu favorito é quero muito este filme, grato

    • Vi este filme uns 2 meses atras na operadora SKY canal HBO e vivo procurando este filme em todos os cantos e recantos. Onde posso
      comprá-lo ?

      • É verdade uma prima minha também viu este filme na Sky, engraçado que antes eu achava que ele não tinha sido lançado no Brasil, mas pra ter passado na HBO é sinal que ele já foi lançado, só falta achar o DVD para comprar!

  32. Assisti ao filme e fiquei com uma impressão muito estranha. É como se o filme fosse melhor dentro da nossa cabeça do que na tela. O filme em si tem seus bons a maus momentos, não chega a ser o melhor que há mas ao terminar fica um eco, criam-se ondas que continuam a reverberar em nós, em nossas memórias e em nossa história de vida. E ao refletirmos sobre nossas escolhas e como elas poderiam ter mudado nossa vida, o filme vai ganhando mais texturas, mais enredo e mesmo depois de algum tempo ainda ficamos com as imagens e ideias em nossa cabeça.
    E se…
    Assim como a física quântica propõe, o experimentador altera o experimento e nesse caso o expectador altera o filme à medida que o mistura com a sua história, com as informações que tem sobre o filme e com o conhecimento que tem sobre alguns conceitos que o filme aborda.
    Alguns elogiam o filme porque não entenderam nada, outros criticam o filme porque não entenderam nada. Uns choram, outros acham romântico, outros ficam entediados.
    Eu gostei do filme, mas como alguém já havia comentado aqui, parece que há mais nele do que vimos, então dá vontade de ver o filme de novo para pegar mais detalhes. Mas a minha suspeita é que o filme só nos dá essa sensação porque nos faz caminhar por alguns lugares onde normalmente não nos aventuramos. Lugares onde a criatividade e a arte se misturam com o ilógico e o imprevisível. Aí por um breve instante se abre uma brecha por onde nossa mente pode respirar um pouco, nessa nossa vida tão programada e previsível.

  33. Muito bom o seu artigo sobre o filme, Matheus! Eu assisti Mr. Nobody pelo YouTube. Está certo que, é horrível assistí-lo lá por causa das pausas na troca entre um vídeo e outro… Mas eu queria muito ver o filme, e o YouTube era a forma mais prática para mim, em se tratando de alugar/comprar o filme, sendo que não há ele disponível aqui no Brasil. Bom, resta agora esperar para que ele seja lançado aqui em breve! Ah, e para quem não assistiu, eu super recomendo! É um daqueles filmes que faz você ficar pensando nele mesmo depois de acabar de assistir!

  34. Realmente fantástico .. computação grafica de alta qualidade.. a complexibilidade da história é oq mais fascina no filme.. coisa de gênio mesmo… o filme consegue ser extremamente interessante e ao mesmo tempo não fazer sentido .. faz a mente pensar a cada segundo que passa … vale a pena assistir !

  35. Me remeteu a brilho eterno de uma mente sem lembrancas , genial no ponto de vista originalidade principalmente se tratando de uma producao de alto custo.
    Sra Polly entrega uma intrpretacao sincera e segura , o resto so assistindo

  36. Simplesmente incrivel…Um filme que entrelaça o existencialismo humano, um dos dogmas da teoria do caos e a imaginação do público…o que resulta em uma delica obra do cinema!

  37. Um dos filmes de minha vida !

    Possibilidades, vivê-las e guardar suas experiências.

    Fantástico.

  38. acabei de assistir o filme e vim para a net ver o que estavam falando dele. Realmente é supreendente e muito interessante, te dá um certo nó na cabeça mas no final fica tudo bem e uma sensação de que o filme cumpriu o seu propósito. E a fotografia achei espetacular.

  39. Daniel, é um filme cheio de camadas, que vamos poder captar melhor se conferirmos novamente o filme… Mas não digo que ele é “difícil de entender”.

    Paulo, idem!

    Luiza, basta colocar o nome do filme + “download” ou “torrent” no Google que aparecem vários sites para baixar. Eu perdi o link que eu tinha, mas tem alguns ainda disponíveis pela internet.

    Fernando, muita gente não dá importância quando indico esse filme. Uma pena, pois não sabem o que estão perdendo!

    Valéria, concordo com tudo que você disse!

    Ronan, isso mesmo!

  40. um filme extraordinario, incrivel, com um enredo singular e impolgante, que faz refletir sobre as escolhas a serem tomadas durante o nosso breve tempo de vida !! :)

  41. Compartilho com as impressões do Matheus, autor do artigo. Excepcional, uma obra-prima!
    O roteiro é simplesmente genial. O filme merece figurar entre os filmes de nossa vida.

    Assistam, por favor.

  42. Um amigo me indicou esse filme e no começo não dei muita importância, porém por saber do meu gosto por boas obras ele insistiu, bem assisti hoje e o que posso dizer é que foi UMA EXPERIÊNCIA INESQUECÍVEL, sem exageros. UMA OBRA PRIMA.

    OBS:

  43. Matheus, você poderia dizer onde você encontrou esse filme para download? Por Favor.

  44. Olha, um filme dificil de entender….a questão das escolhas,consequencias, ambiguidade proposital…tudo isso eu entendi, mas nada me tira da cabeça que ainda tem mais coisa por trás desse filme, mais alguma mensagem ou peça do quebra-cabeças que eu não consegui enxergar….

    • Fiquei com a mesma sensação quando acabei de ver o filme, mas nao deixa de ser muito bom.

    • Um filme nem sempre é pra ser completamente entendido, tem coisas que são subjetivas. Não se apegue a isso, e sim à sua própria leitura, pois é assim que se aprecia uma obra. Muito no cinema é mais emocional do que racional!

  45. Ricardo, exatamente! E devo te agradecer pela maravilhosa dica!

    Leandro, procure ver, é excepcional!

    Luís, até agora, todos para quem eu indiquei concordaram comigo.

    Neobat29, como eu disse no meu texto, é um dos filmes da minha vida!

    Vinícius, o Jared Leto acertou totalmente nesse projeto.

    Cleber, mesmo que você não confie no Jared Leto, acho que você deve assistir. É um filme incrível.

    Fernando, assino embaixo \o/

    Kamila, foi indicação de um amigo xD

    Bruno, assista e depois me conte o que achou!

    Giselle, nunca vi nada demais no Jared Leto, mas ele está bem nesse filme.

    Mayara, é lamentável que ninguém conheça esse filme e que ele nem tenha futuro definido aqui no Brasil =/

    Wally, acho que você vai adorar “Mr. Nobody”!

    Rafael, não chego a dizer que Jared Leto dá um show de bola, mas ele está muito bem.

    Rodrigo, concordamos, então o/

    Vinicius, faltam adjetivos para definir “Mr. Nobody”, né?

    Júlia, eu também estou indicando o filme para todo mundo!

  46. Puts, concordo com tudo e mais ainda com a parte “Não falei metade dos elogios que eu poderia falar”.
    Fico louca de saber que quase ninguém conhece, um dos filmes da minha vida 2. Ando indicando pra todo mundo que eu conheço. hahaha

  47. “Um dos filmes da minha vida.” [2]

    Eu posso dizer que foi um dos grandes filmes desse ano pra mim. Belíssimo, dramático, inteligente e encantador. Teria que ter mais adjetivos, mas não consigo me recordar de todos. Sei que é lindo, uma maravilhosa experiência cinematográfica…

    Abraços!

  48. Repito com grande satisfação suas palavras:”um dos filmes da minha vida”. A sutileza que o diretor tratou um assunto tão delicado e gigantesco, foi uma coisa animal. Adorei.

  49. Sua nota me deixou com mais votade ainda de conferir o filme. Parece que o Leto dá um show de bola. Pena que não tem previsão de estreia no país, né!

  50. Puxa, não sabia também da existência desse filme, uma pena que estava escondido. Mas o melhor do cinema é descobrir filmes como esse e ficarmos surpresos com o que ele quer passar. Torcendo para ele estrear por aqui. ;)

  51. Matheus,

    Não li o seu texto porque eu estou com esse filme aqui no computador para assistir. Pretendo vê-lo amanhã, depois volto pra dizer o que eu achei…

  52. Caramba… fazia tempo que eu não lia uma crítica tão empolgada. Fiquei muito curioso, sem dúvida vou atrás.

  53. Nossa! Nunca tinha ouvido falar nesse filme e me deparo com um texto desse! :) Tomara que ele chegue logo a ser lançado no Brasil, mas, me diga: onde você o descobriu??

  54. Tem que assistir. Programa imperdível. Fotografia, trilha sonora e direção de primeira linha.

  55. Nossa, tão bom? Fiquei curioso agora, não só porque gosto do Jared Leto ator, como a trama é bastante interessante.

  56. Ótimo artigo, me sinto assim enquanto assisto obras marcantes também! Mr. Nobody é uma obra-prima, perfeito em todos os seus caminhos.

  57. Rapaz, você me incentivou a procurar por esse filme o mais rápido possível. Vou vê-lo logo e resenhá-lo também. Espero concordar com você!

  58. Pra falar a verdade nunca ouvi falar sobre esse filme,mas fiquei até curioso em meio a tantos elogios.

  59. Todos os detalhes desse filme são muito bem pensados e executados. É um deleite para qualquer cinéfilo assistir a uma obra grandiosa como essa! :)

    abração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: