O Último Mestre do Ar

He will begin to change hearts, and it is in the heart that all wars are won.

Direção: M. Night Shyamalan

Elenco: Noah Ringer, Dev Patel, Nicola Peltz, Jackson Rathbone, Shaun Toub, Aasif Mandvi, Cliff Curtis, Seychelle Gabriel

The Last Airbender, EUA, 2010, Aventura, 103 minutos

Sinopse: O mundo é dividido em quatro nações: a Nação do Fogo, o Reino da Terra, a Tribo das Águas, e os Nômades do Ar. A cada geração surge uma pessoa que possa controlar os quatro elementos (terra, água, fogo e ar) e que domine as artes marciais. Essa pessoa é o Avatar.Quando a Nação do Fogo ataca as outras três nações a fim de escravizá-las, o Avatar desaparece, retornando cem anos depois e partindo em busca da libertação das nações.

M. Night Shyamalan é um dos casos mais bizarros que Hollywood já teve a oportunidade de ver. Aclamado em seu primeiro longa-metragem como o novo Hitchcock, ganhou sucesso mundial por seus filmes bem realizados. Mas, de uma hora para a outra, sucumbiu ao fracasso. Alguns dizem que essa má fase começou com A Vila (discordo, é o melhor trabalho do diretor), mas é fato que virou quase uma unânimidade que a partir de A Dama na Água ele nunca mais fez um filme decente. Se Fim dos Tempos já era um sinal preocupante na carreira do indiano, O Último Mestre do Ar chega para afirmar, de uma vez por todas, que Shyamalan é uma das maiores enganações do cinema contemporâneo.

Defendi Shyamalan até onde pude, mas seus dois últimos trabalhos só comprovam o quanto ele perdeu a mão. Fico me perguntando como um diretor que já demonstrou tanto talento consegue chegar onde ele chegou… Para não dizer que a culpa é de suas histórias mirabolantes ou de suas ideias originais, o diretor/escritor/produtor aceitou fazer O Último Mestre do Ar, que é baseado em uma famosa série de desenhos animados chamada Avatar. Se o objetivo era castrar o estilo do diretor, isso foi alcançado. Não existe qualquer vestígio nessa história que nos dê algum sinal de que ela está sendo comandada por M. Night Shyamalan. Por isso mesmo, talvez, a culpa pelo fracasso nem seja tanto dele, mas sim da história.

Não sei até que ponto o público infantil vai conseguir embarcar nessa história ou até onde o público adulto vai ter paciência para acompanhar uma trama tão insossa e desinteressante. Isso mesmo, o maior defeito de O Último Mestre do Ar é o enredo sem personalidade. A proposta é boa, mas o desenvolvimento é mal estruturado. O roteiro dá mil voltas nos mesmos diálogos, aposta em inúmeros efeitos especiais (e mesmo que eles sejam usados de forma gratuita e não sejam espetaculares temos que concordar que são um ponto a ser destacado) e nem chega a funcionar como fantasia. A direção inexpressiva também não ajuda em nada, deixando o resultado ainda mais desinteressante e decepcionante.

O que fica provado com O Último Mestre do Ar é que não adianta tirar o lado autoral de um profissional e colocá-lo para conduzir uma história totalmente diferente de seu estilo a fim de salvá-lo. Shyamalan realmente está no fundo do poço e não será assim que ele conseguirá sair dessa situação. Esse novo trabalho, além de ser mais um tropeço em sua carreira, também vem para comprovar que ele não tem versatilidade. Basta mudar de estilo que Shyamalan perde toda a sua personalidade como realizador. O Último Mestre do Ar, então, não só é um produto cinematográfico de péssima qualidade, como também mais um passo do diretor rumo ao total esquecimento.

FILME: 5.0

11 comentários em “O Último Mestre do Ar

  1. Pedro, do Shyamalan eu só acho ruim “Fim dos Tempos” e esse “O Último Mestre do Ar”.

    Reinaldo, acho que o Shyamalan não volta tão cedo atrás das câmeras com qualquer tipo de projeto…

    JuaaO, nunca assisti o desenho.

    Brenno, o Dev Patel é muito fraco!

    Alan, nem crie expectativas, o filme é ruim.

    Roberto, o Shyamalan precisa tirar umas férias!

    Leandro, às vezes eu também tenho esse tipo de curiosidade =P

    Candy Pop, o diretor começou a me incomodar em “Fim dos Tempos”, que é uma porcaria!

    Rafael, não sou Gustavo, sou Matheus hahaha E também não consigo entender quem, hoje em dia, ainda aprecia o Shyamalan.

    Mayara, antes do filme eu nunca nem tinha ouvido falar no desenho!

  2. Gustavo, também acho impressionante a crescente recaída que o Shyamalan teve, chega a ser impressionante. E esse filme seria uma ótima oportunidade já que parte de uma ideia já existente, ou seja, não sairia totalmente da cabeça maluca do diretor. Mas o maior pecado do filme é mesmo o roteiro, capenga e chio de furos. Nem a direção dele que geralmente se sobressai parece perdida aqui.

    Agora, eu conheço muita gente boa que gosta do Shyamalana, viu Gustavo. Não os entendo, mas vá lá.

  3. Gostava do Diretor, e antendia as obras dele, até este filme… o Nivel dele caiu por inteiro com este filme… Fraco demais.

  4. Sabe que eu to curioso,sempre gosto de conferir filmes que muita gente fala muito bem ou muito mal,pretendo fazer em breve mas claro sem expectativas.
    Abraços

  5. Definitivamente, é hora de Shyamalan sair de cena uns tempos, rever seus conceitos, até pra descobrir se ainda há espaço para ele na indústria. Porque do jeito que vai…

  6. É fato que Shyamalan vive uma crise existencial em sua carreira. Mas ele objetiva recuperar primeiro a performance nas bilheterias para depois tentar voltar a ser um cineasta mais autoral. O Shyamalan de O sexto sentido (e tb o de A dama na água) não deve voltar tão em breve. Ele só encontrará espaço para ser ligeiramente autoral na produção, como fez no recente Demônio.
    Abs

  7. Pode até ser verdade que ele veio degringolando ao longo da carreira, mas também seus filmes não são ruins. Me decepcionei realmente com um filme dele só agora com o O Último Mestre do Ar (que nem acho tão ruim), de resto, gosto de todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: