Piores de 2010

1. Atividade Paranormal 2: Não sei se “isso” pode ser chamado de cinema, mas nem lembro a última vez que assisti a um filme tão sem propósito e gratuito como esse. Além de destruir por completo o que o primeiro filme tinha de “interessante” (e vale lembrar que não era muita coisa), essa continuação chega a assustar por ser tão repetitiva e vazia. Nada funciona, é uma história sobre o nada e ainda consegue deixar, novamente, um final que insinua uma nova continuação. Completo absurdo. Socorro!

2. Sex and the City 2: Pode até não ser o pior filme do ano, mas foi um dos que mais conseguiu me deixar cheio de fúria. Essa continuação é um completo desastre em todos os sentidos. Quase três horas de filme para narrar um monte de bobagens, mostrar várias situações constrangedoras e colocar as atrizes em cenas lamentáveis. Os figurinos, que antes eram um atrativo, parecem ter saído do guarda-roupa da Nany People para ilustrar uma história interminável e que traz os conflitos mais imbecis de 2010. Quase estrega a memória e a reputação do seriado…

3. Eclipse: Meu currículo deveria ser enviado ao Vaticano para que eu pudesse virar santo. Sério, porque só eu mesmo para ainda ter alguma esperança com essa série e ainda me prestar para ir ao cinema (por vontade própria) para assistir a mais uma continuação da história de amor entre a louca suicida Bella (Kristen Stewart) e o gay enrustido Edward (Robert Pattinson), que se ouriça todo com o lobisomem Jacob (Taylor Lautner). Mas parei por aqui. Eclipse é o meu limite. Não quero mais me irritar com personagens tão detestáveis, história redundante e tentativas bestas de trazer emoção.

4. Caso 39: Hoje em dia, ver filme com o nome de Renée Zellweger é sinônimo de dar muitas risadas. No mau sentido, claro. Mas com Caso 39, Renée parece ter abraçado a mediocridade de uma vez por todas. Caindo nos maiores clichês do gênero e em absurdos que o roteiro simplesmente não faz questão de explicar, é um filme que aposta no batido enredo da menina possuída por algum espírito maligno e que engana a todos com seu jeitinho meigo de coitadinha. Renée, imobilizada de tanto botox, não consegue fazer uma expressão sem deixar o espectador na dúvida se ela está chorando, rindo ou com medo.

5. Sherlock Holmes: Pior que filme ruim é filme chato. Sei que todo mundo vai discordar de mim e dizer que se divertiu com Sherlock Holmes. Eu simplesmente não consegui. Já tinha preconceito para assistir esse filme porque detesto Robert Downey Jr., mas nada tinha me preparado para uma história tão indiferente, que disvirtua o personagem-título e ainda comete o erro de realizar uma aventura… sem aventura! Sherlock Holmes é chato, sem qualquer suspense de “investigação” e um verdadeiro sonífero.

6. Nosso Lar: Enredo enfadonho e que deve ser considerado um produto espritual de auto-ajuda, não um produto cinematográfico. Os personagens irritam por sempre estarem com um sorriso no rosto, dando conselhos e ensinando várias lições. Todo mundo tem algo de especial para mostrar ao protagonista em um cenário futurístico plastificado. Tudo muito zen e forçado. Só deve funcionar para quem acredita em espiritismo – talvez, nem para eles. O resto deve passar longe, já que Nosso Lar não dialoga com todos os públicos.

7. O Último Mestre do Ar: Dirigido por M. Night Shyamalan? Não precisa nem pensar duas vezes: um dos piores do ano certo! Se com Fim dos Tempos eu até cogitava a possibilidade de Shy estar em crise existencial, com O Último Mestre do Ar ele provou ter se tornado péssimo mesmo. Dói no meu coração falar isso de um diretor que realizou longas tão excelentes como O Sexto Sentido e A Vila. Contudo, não dá mais… Shyamalan é uma verdadeira enganação e O Último Mestre do Ar transborda a irregularidade e a má qualidade da direção do indiano.

8. A Caixa: Richard Kelly realizou um ótimo cult chamado Donnie Darko. Na tentativa de fazer algo igualmente engenhoso e cheio de situações inteligentes-beirando-o-incompreensível, derrapou nas próprias pretensões com A Caixa. O resultado? Uma história que é complicada além do necessário e que chega a irritar de tão enrolada e cheia de problemáticas que não chegam a lugar algum. Fica o recado para o sr. Kelly: um filme cult e inteligente surge naturalmente e não enfiando goela abaixo teorias malucas e cenas engenhosas.

9. Cadê os Morgan?: Comédias de gente rica da cidade que são obrigadas a conviver com pessoas caipiras do interior já normalmente me irritam, mas Cadê os Morgan? ainda traz de brinde um casal cheio de inexpressividade e com química nula. Hugh Grant (no piloto-automático) e Sarah Jessica Parker (com um ar de má vontade) não conseguem combinar, algo que só traz ainda mais antipatia para a história boba e enrolada. Humor fraco e romance inexistente formam a insossa mistura que é Cadê os Morgan?

10. Comer Rezar Amar: Assistir a esse filme foi uma das maiores frustrações que tive em 2010. Ryan Murphy, que sabe enganar bem o espectador ao disfarçar suas fracas tramas com diversão (Glee é uma prova disso), não conseguiu sequer fazer um guilty pleasure. Nem o carisma de Julia Roberts ou as belas locações (mal utilizadas) conseguiram salvar Comer Rezar Amar. É um filme monótono, previsível do início ao fim e que leva mais de duas horas para contar uma história que simplesmente não evolui em conflitos. Para um longa que se propõe a ser uma reflexão sobre relacionamentos, o resultado, na realidade, tornou-se uma luta contra o sono.

11 comentários em “Piores de 2010

  1. Discordo completamente sobre Sherlock Holmes, e acho Robert Downey Jr. um dos melhores atores de sua geração, adoro ele.

  2. Kamila, acho “Sex and the City 2” uma tragédia!

    Cleber, “A Caixa” não é um desastre, mas é pretensioso demais pro meu gosto.

    Alan, “Nosso Lar” está entre os piores do ano com todos os méritos!

    Marcos, devo ser o único que considera “Sherlock Holmes” um verdadeiro porre!

    Andinhu, defendi até onde pude o M. Night Shyamalan… “A Dama na Água” não chegou a ser ruim, “Fim dos Tempos” foi uma porcaria (mas ainda relevei)… Só que não deu pra engolir esse “O Último Mestre do Ar”!

    Hugo, e que forma didática, hein! “Nosso Lar” é uma chatice! Mas já vi gente espiritualista que também não gostou do resultado…

    Gêsa, aguentei a saga “Crepúsculo” até onde pude e fui assistir “Eclipse” pensando que a situação pudesse melhorar, já que achei “Lua Nova” melhor que “Crepúsculo” (o que não quer dizer muita coisa). No entanto, só pioraram! Impressionante como, a cada filme, eles repetem os mesmos erros.

    Mayara, se você achou o primeiro uma piada, então fuja do segundo hahaha

    Othons, não é o meu pior do ano… Acho que existiram maiores tragédias que ele…

  3. Se achei uma piada o primeiro “Atividade Paranormal”, imagine o segundo? rsrsrs. Sei lá… Mas o resto, não vi muitos… rsrs. ;)

  4. Bom, se você deveria ser canonizado acho que eu também poderia com relação aos meus votos de confiança e a minha esperança com relação ao que vem da Saga Crepúsculo. Tudo que eclipse conseguiu foi me fazer dar uma ou duas boas risadas, mas esse não é o intuito do filme, é?

    Nosso lar é um saco, na verdade tudo que segue esse padrão acaba sendo sinônimo de tédio pra mim.

    Sherlock Holmes é um dos filmes que eu gostei acho que porque ao contrário de você adoro o Robert. E sei que a história tem seus momentos parados, mas sei lá, gostei.

    O ultimo mestre do ar, é um insulto a história original. Uma adaptação que até segue a mesma linha, mas vamos combinar que alguns personagens foram representados de uma forma patética. E o pior é que era um filme muito esperado por mim.

    Comer, rezar, Amar. Eu li o livro – que é bom até ela chegar na Índia. E o filme é fraco, mal adaptado.

  5. Como ultimamente assisto filmes com atraso, desta lista vi apenas “Nosso Lar” e não achei tão ruim. É um filme feito para a mostrar a doutrina espírita de uma forma quase didática. Vale como curiosidade.

    Mesmo sem ter assistido sequer o primeiro filme, fica claro que a série “Crepúsculo” é algo feito de encomenda para a platéia adolescente. Aquele tipo de produto que deseja criar consumidores, não cinéfilos, no estilo veja filme e compre o livro.

    Abraço

  6. Minha opinião sobre todos os que eu vi:

    4. Caso 39: Um thriller até que legal. Prega boas peças e da pra assistir descompromissadamente. 6.0

    5. Sherlock Holmes: Chatíssimo mesmo, mas tem boas cenas e simpatizo com Jude Law. 5.5

    6. Nosso Lar: Pavoroso! pra público muito específico. 2.5

    7. O Último Mestre do Ar: não achei nem de longe essa bomba que todos dizem. Estão é pegando no pé do Shyamalan pq ele não tem feito filmes bons ultimamente. Gosto desse tipo de gênero, fantasia e aventura, então achei legalzinho. 5.0

    8. A Caixa: Esse filme é muito divergente. A metade do público adora e a outra odeia. eu fico em cima do muro. O direotr tem um texto e um argumento brilhante, mas as explicações da reta final só pioraram o filme. Confesso que nunca fiquei tão curioso ao assistir um filme. 5.5

    9. Cadê os Morgan?: Uma das coisas mais sem graças do cinema. Deus me Livre! 2.0

    mas ainda falta muito filme dessa lista. De 2010 acho que minha lista de piores chega a quase 25 filmes com nota abaixo de 4.0.

    Forte abraço!

  7. Discordo do Sherlock Holmes. Concordo plenamente com os demais, mesmo sem ter assistida a nenhum deles!

  8. Sabe que eu curti “A Caixa”? Louco de tudo, mas gostei do filme! hehe

    Agora dentre os citados, o pior pra mim é “Nosso Lar”, que filme mais…. chato e enfadonho. Não gostei de nada, absolutamente nada!

    abraços :D

  9. Também não acho que ‘A Caixa’ seja uma catastrofe, muito pelo contrário, achei um grande filme. E o Holmes é meio chato mesmo, mas, tem seus méritos.

  10. Excelente lista! Exceto que eu não acho que “Sex and the City 2” e “Comer, Rezar, Amar” sejam tão ruins assim! rsrsrsrs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: