Como Esquecer

O que será que é o contrário do amor?

Direção: Malu de Martino

Elenco: Ana Paula Arósio, Murilo Rosa, Natália Lage, Arieta Corrêa, Bianca Comparato, Pierre Baitelli, Ana Kutner, Lia Racy, Ana Baird

Brasil, 2010, Drama, 100 minutos

Sinopse: Júlia (Ana Paula Arósio) é professora de literatura inglesa e não se conforma de ter sido abandonada por sua companheira Antônia depois de 10 anos de relacionamento. Agora, de mal com a vida, ela luta para enfrentar os fantasmas das recordações e para isso vai contar com o apoio do amigo Hugo (Murilo Rosa), um gay viúvo, com quem irá dividir um novo lar e tentar aprender que a vida segue em frente e os sentimentos perduram.

Não é muito fácil, no cinema brasileiro, encontrar filmes que conseguem construir histórias introspectivas e que, ao mesmo tempo, possuem o dom de falar de literatura e realizar reflexões sem transmitir uma sensação didática. É por isso que Como Esquecer termina como uma experiência surpreendente. Ao narrar de forma natural a solidão de dois homossexuais que perderam, cada um ao seu modo, os seus respectivos parceiros, o filme da diretora Malu de Martino traz um caráter reflexivo muito eficiente e, acima de tudo, verossímil.

Só de conseguir o feito de não parecer falso nesse aspecto, Como Esquecer já merecia reconhecimento. Ora, trazer algumas dicussões sobre a obra de, por exemplo, Emily Brontë e Virginia Woolf, e ainda fazer um retrato da solidão construído por narrações em off não é tarefas das mais fáceis. E, ainda que o filme esteja longe de ser um primor nesse sentido, pelo menos consegue estar acima da média de tantos longas nacionais que se afundam em questionamentos existencialistas que soam falsos até mesmo para o pior livro de auto-ajuda.

Claro que a constante presença da narração em off e que a insistência de frases de efeito podem incomodar muitas pessoas (e, em alguns momentos, o filme, de fato, soa meio formulaico), mas nada que chegue a incomodar o espectador que está disposto a encarar essa história que também é muito sutil na abordagem sexual. Como Esquecer está longe de fazer caricatura dos gays ou de apelar para ferramentas sexuais (leia-se cenas mais apelativas nesse aspecto). É um tapa na cara, por exemplo, do também brasileiro – e péssimo – Do Começo ao Fim.

Com tantos aspectos positivos, fica fácil acompanhar esse filme bem escrito e também interpretado com precisão. Ainda que antiquado em alguns setores (parece que foi filmado na década passada), consegue se sair muito bem naquilo que é primordial: o conteúdo. Como Esquecer não é para o grande público e muito menos se propõe a ser um longa pronto para vender a causa gay. É um conto sobre solidão, pessoas difíceis e o momento certo de abandonar a dor. Brilhante e revolucionário? Nem pensar. Mas quem disse que precisa ser assim para ser bom?

FILME: 8.0

4 comentários em “Como Esquecer

  1. Kamila, achei um filme bem reflexivo e triste. Mas não sei se consigo dizer que ele chega a ser depressivo…

    Mayara, vale a pena conhecer, é um longa nacional bem diferente!

    Andinhu, ainda não conferi “Bróder” =/

  2. Hum, interessante. Valeu pela dica! Tenho que assistir o máximo de filmes nacionais para um top no fim do ano.
    Me recomendaram “Bróder” tbm, já assistiu?

  3. Li ótimos comentários – inclusive o seu e da Kamila – que me surpreenderam, especialmente com relação a atuação da Ana Paula Arósio. Quero dar uma chance. ;)

  4. Eu adorei esse filme. Achei forte, muito bem escrito, dirigido e atuado, com um tom até muito depressivo e pesado, mas que tem tudo a ver com a história. É sobre a dificuldade mesmo de seguir em frente, de sair do luto pela perda de algo, de tentar sair da fossa. A Ana Paula Arósio está excelente!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: