Melhores de 2011 – Roteiro Original

Melancolia é, possivelmente, o filme mais surpreendente de Lars Von Trier. Livre de qualquer pretensão e da sua eterna vontade de querer chocar a todo momento, o diretor prova, em seu mais recente trabalho, que, ao contrário do que Cannes pensa, devemos julgar a obra e não a personalidade de seu autor. O roteiro que Lars Von Trier escreveu originalmente para Melancolia é certeiro em todas as emoções: desenvolve bem os dramas, cria uma excelente atmosfera de angústia e ainda traz personagens extremamente verossímeis. Através do texto, nós fazemos parte daquele mundo e conseguimos nos colocar na pele dos personagens. Parece que também somos assombrados pelo planeta Melancolia. Do prólogo até a impecável conclusão, o roteiro fala sobre os mais variados assuntos (família, amor, insatisfação, mágoas) e nunca se perde. Um trabalho exemplar que, junto com a ótima direção, trouxe um dos melhores filmes de 2011. É, pelo jeito, Anticristo foi um desvio de percurso. Melancolia é um Von Trier para todos. Um drama diferente, universal e que merece mais consideração – inclusive daqueles que não apreciam a carreira do dinamarquês. Eles, assim como eu, podem se surpreender. E muito.

NAMORADOS PARA SEMPRE

Em Namorados Para Sempre, o excelente trabalho de Michelle Williams e Ryan Gosling não teria o mesmo impacto, claro, sem o texto incrivelmente realista e doloroso de Derek Cianfrance, Joey Curtis e Cami Delavigne. Muito mais do que um triste retrato sobre um relacionamento despedaçado, o roteiro também constrói uma história sobre decepções e outros sonhos que não deram certo. Um texto para os fortes e que, ao contrário do que o título nacional indica, não tem nada daquele amor idealizado. É um trabalho sobre a vida. Ou melhor, sobre os obstáculos dela.

MEIA-NOITE EM PARIS

Woody Allen é uma fonte inesgotável de originalidade. E Meia-Noite em Paris não foge à regra. É certo que os filmes verdadeiramente relevantes dele de tempos em tempos (o último, antes desse, foi Vicky Cristina Barcelona), mas, quando aparecem, são sempre gratas surpresas. Em Meia-Noite em Paris, encontramos um Woody Allen completamente apaixonado por Paris, mas que também faz uma notável homenagem ao mundo das artes. Por esse trabalho, venceu, inclusive, o Oscar de melhor roteiro original. Simplicidade e inteligência sem arrogância. Isso não é para qualquer um.

MEDIANERAS – BUENOS AIRES NA ERA DO AMOR VIRTUAL

A mais agradável surpresa do 39º Festival de Cinema de Gramado e que, infelizmente, não teve a mesma repercussão que outro longa argentino também exibido nos cinemas mais ou menos na época, Um Conto Chinês. Ricardo Darín que perdoe a todos, mas o seu filme não chega nem aos pés da originalidade de Medianeras – Buenos Aires na Era do Amor Virtual, cujo roteiro de Gustavo Taretto (que também é o diretor) transborda dinamismo em uma temática extremamente contemporânea. Altamente recomendado para qualquer cinéfilo e, principalmente, para os fãs do cinema argentino.

EM UM MUNDO MELHOR

Susanne Bier está muito longe de ser uma grande diretora, mas merecia reconhecimento por Em Um Mundo Melhor. Aqui, ela controla seus habituais melodramas e realiza, junto com o roteirista Anders Thomas Jensen, um excelente trabalho. Com uma história bem amarrada em termos de tensão, Em Um Mundo Melhor também tem um roteiro que sabe desenvolver vários temas paralelos, como uma dolorosa separação e a importante relação entre pais e filhos. Tudo isso com um bom ritmo e com uma trama que nunca deixa de despertar o interesse do espectador.

EM ANOS ANTERIORES: 2010A Origem | 2009(500) Dias Com Ela | 2008WALL-E | 2007Ratatouille

_

Escolha do público:

1. Melancolia (37,84%, 14 votos)

2. Meia-Noite em Paris (29,73%, 11 votos)

3. Namorados Para Sempre (16,22%, 6 votos)

4. Em Um Mundo Melhor (8,11%, 3 votos)

5. Medianeras – Buenos Aires na Era do Amor Virtual (8,11%, 3 votos)

9 comentários em “Melhores de 2011 – Roteiro Original

  1. Só vi Meia noite em Paris e Namorados pra Sempre, desses dois é claro que prefiro Namorados pra Sempre, mas aposto que Melancholia vai fazer minha cabeça e é por isso mesmo que já estou baixando pra ver o mais rápido possível. Não sei como perco esses filmes. hahaha

  2. Dos seus indicados, não assisti “Medianeras” e “Namorados para Sempre”, por isso votei em “Meia Noite em Paris”.

  3. Só assisti a dois dos filmes que constam na sua seleção: “Melancolia” e “Meia Noite em Paris”. Meu voto foi para o filme do Lars Von Trier pelos mesmos motivos que os seus. “Melancolia” merecia muito mais reconhecimento nas premiações, mas, ao que parece, as pessoas estavam mais interessadas em julgar as atitudes loucas do diretor do que no filme em si.

  4. Mais uma primorosa seleção Matheus. Meu voto foi para “Namorados para sempre”.
    Abs

  5. Não vi Em um Mundo Melhor, mas votei em Meia-Noite em Paris. Na minha premiação, o vencedor foi Cisne Negro, competindo com Contágio, Cópia Fiel, e O Homem ao Lado, além do próprio Meia-Noite em Paris.

  6. Mark, acho que você vai gostar bastante de “Melancolia” =)

    Kamila, procure assistir aos outros dois, são ótimos!

    Clóvis, não atendi essa rejeição ao trabalho do Lars Von Trier em “Melancolia”. É, de longe, o filme mais acessível dele.

    Acauã, ótimos indicados, comprovam talento haha

    Cleber, “Meia-Noite em Paris” seria minha terceira escolha.

    Reinaldo, mais um subestimado aspecto de “Namorados Para Sempre”, né?

    Ghuyer, quase coloquei “Cisne Negro” na lista, mas acho que ele é um filme mais de direção do que de roteiro…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alteração )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alteração )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alteração )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alteração )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 122 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: