O que esperar do 40º Festival de Cinema de Gramado?

O Festival de Cinema de Gramado tenta se recuperar de tempos turbulentos. E os problemas vão muito além das dívidas acumuladas. Nos últimos anos, o evento cinematográfico mais famoso do sul do Brasil – e também um dos maiores e mais tradicionais de todo o território nacional – sofreu com uma forte crise de personalidade. Dentro do Palácio dos Festivais, lugar onde ocorre a exibição das mostras competitivas, filmes restritos demais e que em nada dialogam com o público. Do lado de fora, no tapete vermelho, ex-atores de Malhação e recentes participantes do Big Brother tirando fotos com o público que, claramente, só está ali pelo rebuliço. Com preços exorbitantes em suas sessões, o Festival de Cinema de Gramado correu o risco de não acontecer em 2012. E se, de fato, não acontecesse, o vexame teria um gosto ainda mais amargo, uma vez que a derrota aconteceria justamente na comemoração de seus 40 anos.

Só que Gramado venceu. Unindo esforços, o Festival chega nessa simbólica edição totalmente reestruturado. Com mudanças que vão desde a coordenação até a própria curadoria, o evento promete novos ares – e muito esperançosos, diga-se de passagem. Logo de cara, tomou a óbvia e acertada decisão de tornar o Festival mais atraente o público: os ingressos agora custam de 10 a 20 reais. Também formou uma curadoria mais eclética: o trio José Wilker, Rubens Ewald Filho e Marcos Santuário possui formações em diferentes áreas, o que, certamente, dá um tom mais abrangente à seleção. E o resultado já foi sentido desde a coletiva de imprensa de divulgação do evento, que deixou de acontecer no hotel Sheraton, de Porto Alegre, para acontecer em um tradicional ponto de encontro dos cinéfilos da capital gaúcha: a Cinemateca Paulo Amorim. Anunciou-se, também, a efetiva participação das entidades de cinema no processo de realização do Festival e a vontade de tornar o evento mais democrático.

Por isso, a 40ª edição, que começa no próximo dia 10 e se estende até 18, promete uma nova fase para esse histórico Festival que tem uma história merecedora de aplausos. Não é qualquer evento cinematográfico que consegue durar tanto tempo em nosso país, sobrevivendo, ao longo das décadas, a todo tipo de censura e problemas financeiros. Muito mais do que isso, o Festival de Gramado ainda tem ampla visibilidade internacional, já que reserva uma mostra competitiva exclusiva para os filmes latinos. Em toda sua trajetória, exibiu filmes brasileiros históricos e premiou grandes atores como Marília Pêra, Lima Duarte e Marieta Severo. Outros cineastas de renome vieram à serra gaúcha para homenagens e exibições especiais de seus filmes, a exemplo de Eduardo Coutinho com Jogo de Cena. No segmento latino, Gramado já havia premiado Pedro Almodóvar antes mesmo dele ter um Oscar. E Juan José Campanella ainda nem sonhava com O Segredo dos Seus Olhos quando foi aplaudido na serra gaúcha com O Filho da Noiva.

Ou seja, é uma boa notícia o Festival de Cinema de Gramado ter sobrevivido. Uma história como essa não poderia ser interrompida. O que se percebe, em 2012, é a vontade do Festival de se livrar das amarras negativas das edições anteriores, deixar de lado a atenção excessiva a estrelas que só vão passear em Gramado e abraçar uma seleção de longas mais de acordo com o que o cinema nacional produz. Falando mais especificamente sobre os filmes selecionados, é perceptível a vontade da curadoria de não afastar o interesse do público aos longas em exibição. Entre documentários e ficção, filmes que fazem retratos de figuras e momentos históricos. Trabalhos mais intimistas e pessoais, com temas universais sobre famílias e o cotidiano comum a todos. O novo posicionamento do Festival está sendo sentido. E o Cinema e Argumento, que estará presente na serra gaúcha para acompanhá-lo, só torce para que o evento retome suas origens. No ano em que o Festival de Paulínia foi cancelado, é muito importante ver que a cinematografia brasileira ainda tem um lugar importante como esse para ser celebrada. Confira no site oficial a programação completa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: