Melhores de 2012 – Maquiagem

twelvemakeup

Há quem diga que o trabalho de maquiagem baseado em figuras da vida real é mais fácil justamente por ter uma referência, algo a ser reproduzido. Que heresia! É justamente o contrário: tendo alguém como parâmetro, a exigência das plateias é muito maior e o trabalho, claro, precisar ser muito mais minucioso. E J. Roy Helland, colaborador de Meryl Streep desde o tempo de A Escolha de Sofia, em parceria com o trabalho prostético de Mark Coulier, reproduziu com perfeita fidelidade todas as fases da polêmica Margaret Thatcher. Isso é o que existe de fascinante na maquiagem de A Dama de Ferro: mais do que impressionar com uma idosa e frágil Thacher, ela acompanha todas as transições de visual da personagem durante décadas. Como a própria Meryl discursou várias vezes na temporada de premiações de 2012, seu trabalho como atriz não seria possível sem a irrepreensível dedicação de Helland e Coulier. Uma maquiagem que serve a sua intérprete com a mesma magnitude.

•••

OUTROS INDICADOS:

holymotorsposter imposibleposter

Fundamental para mostrar todas as facetas do monsieur Oscar (Dennis Lavant), a maquiagem de Holy Motors ajuda a construir o fascinante delírio que o filme é / A veracidade dos efeitos do tsunami na Tailândia também está presente no eficiente trabalho de maquiagem de O Impossível.

_

ESCOLHA DO PÚBLICO:

1. A Dama de Ferro (43.18%, 19 votos)

2. Holy Motors (36.36%, 16 votos)

3. O Impossível (20.45%, 9 votos)

5 comentários em “Melhores de 2012 – Maquiagem

  1. Kamila, acho o trabalho de maquiagem de “A Dama de Ferro” insuperável!

    Weiner, “Holy Motors” é sensacional nesse aspecto (e em muitos outros)!

    Lucas, “O Hobbit” quase encontrou na minha lista!

    Clóvis, deveria mesmo… E em várias categorias.

  2. Também prefiro HOLY MOTORS,sensacional nesse aspecto.Destaco também O Hobbit e Looper

  3. Matheus, eu gostei muito dos seus indicados. Até porque todos estão na minha lista. :)
    A diferença fica por conta do vencedor: meu preferido aqui é HOLY MOTORS.

  4. Acho surpreendente uma indicação para “O Impossível” nesta categoria. Não vi “Holy Motors”, então meu voto ficou com “A Dama de Ferro” – e de forma merecida, pelo ótimo trabalho de maquiagem e de cabelo, também, com a Meryl Streep, principalmente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: