A trilha sonora de… Segredos de Sangue

stokerscore

Segredos de Sangue marca a estreia do sul-coreano Chan Wook-Park no cinema estadunidense. Reconhecido mundialmente por obras como Oldboy, o diretor resolveu fazer sua estreia com um suspense estrelado por Nicole Kidman e pela jovem Mia Wasikowska. E, julgando pelo trailer, Wook-Park não parece ter perdido sua veia autoral em outras terras. Segredos de Sangue entrou em cartaz discretamente no início de março nos Estados Unidos, enquanto o Brasil só poderá conferir o resultado em maio. De qualquer forma, apesar de não ter reverberado de forma entusiasmada lá fora, ainda é um dos filmes que mais aguardo em 2013.

E o que dizer, então, quando se descobre que a trilha sonora é do lendário Clint Mansell? Aos 50 anos, ele não tem um Oscar ou sequer um Globo de Ouro em casa (como a maioria dos melhores compositores), mas tem em seu currículo trilhas memoráveis, como Réquiem Para Um Sonho e, mais recentemente, Cisne Negro. Mesmo em produções menores, Mansell não deixa de impressionar, como é o caso da ficção Lunar, repleta de composições impressionantes. E, ao ouvir isoladamente a trilha de Segredos de Sangue, já podemos constatar que, mais uma vez, o compositor acertou em cheio – e ainda conseguiu despertar uma positiva curiosidade: onde as composições tão diferenciadas vão se encaixar na história do filme de Chan Wook-Park?

Além do trabalho individual de Clint Mansell, o álbum ainda conta com alguns diálogos do longa, uma música original (Becomes the Color, apenas ok) e uma composição adicional de Philip Glass (a ótima Duet, feita especialmente para a trilha). Mas é mesmo Mansell o verdadeiro destaque, conseguindo fazer uma excelente mistura de drama e suspense em um resultado muito sensitivo, que nos coloca dentro do filme – ainda que não o tenhamos visto. De todo o nervosismo passado por The Hunter Plays the Game a outras faixas mais ritmadas como Happy Birthday (A Death in the Family), o compositor já nos deu o primeiro presente de Segredos de Sangue. Que o filme esteja à altura! 

1. I’m Not Formed By Things That Are of Myself Alone – Mia Wasikowska
2. Becomes the Color – Emily Wells
3. Happy Birthday (A Death in the Family) – Clint Mansell
4. Uncle Charlie – Clint Mansell
5. A Whistling Tune from a Lonely Man – Hudson Thames
6. The Hunter & the Game – Clint Mansell
7. Blossoming – Clint Mansell
8. Summer Wine – Nancy Sinatra & Lee Hazelwood
9. A Family Affair – Clint Mansell
10. Becoming… – Clint Mansell
11. Duet – Philip Glass
12. Crawford Institute (Family Secrets) – Clint Mansell
13. Stride La Vampa (Verdi) – Victoria Cortez
14. The Hunter Plays the Game – Clint Mansell
15. In Full Bloom – Clint Mansell
16. The Hunter Becomes The Game – Clint Mansell
17. We Are Not Responsible For Who We Come to Be (Free) – Clint Mansell
18. If I Ever Had a Heart – Clint Mansell & Emily Wells

3 comentários em “A trilha sonora de… Segredos de Sangue

  1. Clóvis, o Clint Mansell tem uma carreira extraordinária. E “Segredos de Sangue” é uma adição muito positiva ao seu repertório!

    Kamila, é um dos filmes que mais aguardo em 2013!

  2. Clint Mansell é um dos bons compositores de trilhas do cinema atual. Não sabia dessa parceria dele com o Chan-Wook Park e nem sabia, para ser bem sincera, que esse diretor tinha estreado no cinema norte-americano. Vou ficar de olho nesse “Segredos de Sangue”.

  3. Adoro as composições do Clint Mansell! “Réquiem para um Sonho” e “Cisne Negro” estão entre as minhas trilhas favoritas. Não vejo a hora de conferir esse seu mais novo trabalho!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: