A Vida Secreta de Walter Mitty

Life is about courage and going into the unknown.

waltermittyposter

Direção: Ben Stiller

Roteiro: Steve Conrad, baseado no conto “The Secret Life of Walter Mitty”, de James Thurber

Elenco: Ben Stiller, Kristen Wiig, Shirley MacLaine, Sean Penn, Jon Daly, Kathryn Hahn, Terence Bernie Hines, Adam Scott, Paul Fitzgerald, Grace Rex, Adrian Martinez, Marcus Antturi, Gary Wilmes, Joey Slotnick, Stuart Cornfeld

The Secret Life of Walter Mitty, EUA, 2013, Comédia Dramática, 114 minutos

Sinopse: Walter Mitty (Ben Stiller) é o responsável pelo departamento de arquivo e revelação de fotografias da tradicional revista Life. Ele é um homem tímido, levando uma vida simples, perdido em seus sonhos. Ao receber um pacote com negativos do importante fotógrafo Sean O’Connell (Sean Penn), ele percebe que está faltando uma foto. O problema é que trata-se justamente da foto escolhida para ser a capa da última edição da revista. É quando, Walter, com o apoio de Cheryl (Kristen Wiig) é obrigado a embarcar em uma verdadeira aventura. (Adoro Cinema)

waltermittymovie

“Ano novo, vida nova” é o que todos costumam dizer em época de revéillon. Mas, afinal, quem ultrapassa essa frase de efeito clichê e realmente transforma sua vida quando um determinado ano chega ao fim? Walter Mitty (Ben Stiller) não resolveu se aventurar em novas situações durante a época de ano novo, mas a sua fuga de rotina em direção ao novo veio bem a calhar com as datas festivas de final de ano do Brasil, já que A Vida Secreta de Walter Mitty entrou em cartaz por aqui justamente nessa época. Se o filme dirigido pelo próprio Ben Stiller tem algumas incoerências e carece de maior força narrativa, pelo menos tem uma mensagem motivacional que deve pegar de jeito os que tanto se comovem com o tal “ano novo, vida nova”. Isso porque a história é, em suma, um pouquinho daquilo que todos nós gostaríamos de fazer mas raramente temos coragem de colocar em prática: deixar de sonhar e começar a viver.

“Ver o mundo. Encontrar o outro. Sentir. Esse é o propósito da vida”, diz o lema da Life, revista em que Walter Mitty trabalha. A “vida” da mensagem – que está exposta na entrada do prédio da redação – se refere ao nome da revista, mas o protagonista certamente se pega lendo os dizeres com outro sentido: o da vida mesmo. E aí está a confusão de A Vida Secreta de Walter Mitty. O personagem por Ben Stiller não viaja o mundo em função de uma epifania libertária. Não. Ele o faz por causa de… Trabalho. Mais especificamente em função do negativo de uma foto que sumiu e que ele precisa urgentemente recuperar para usar na capa da última edição da Life, que está prestes a ser extinta para existir apenas na versão online. Ou seja, ele viaja até a Islândia, por exemplo, não porque decidiu mudar de vida, mas porque precisa imediatamente recuperar o tal negativo antes que seu chefe fique sabendo do desaparecimento.

Assim, é um tanto frustrante ver A Vida Secreta de Walter Mitty com uma proposta de mensagem inspiradora de autodescoberta que não é passada da maneira ideal. Ou seja, o protagonista volta e meia nos lembra que, apesar de estar curtindo o mundo e suas possibilidades, também está constantemente preocupado em manter seu trabalho com as viagens. Não faz sentido com o que o longa vende em sua essência. De qualquer forma, esse novo trabalho de Ben Stiller como diretor é leve e descontraído, funcionando bem quando consegue fazer o espectador esquecer dessa incoerência e até se inspirar com as aventuras de Walter. Só que, para isso, também é bom relevar outras bobeiras e tropeços, entre elas a insatisfação do personagem, repetidamente mostrada por meio das batidas situações “imaginadas”, a vida de Walter cada vez mais miserável em função de seu novo chefe ser incompreensivelmente desrespeitoso e detestável e o roteiro levando tempo demais para desenvolver a rotina e a paixonite do protagonista.

É quando Walter Mitty finalmente embarca em uma viagem que o filme começa a engrenar em simpatia e envolvimento – principalmente a partir do momento em que o cenário é a Islândia. A fórmula para agradar olhos e ouvidos está toda ali, com belíssimas paisagens, uma boa trilha sonora alternativa e aquelas velhas frases de efeito manjadas mas eficientes. Claro que, para alcançar o espectador, A Vida Secreta de Walter Mitty se utiliza de algumas liberdades que não colam (celular pegando no topo de uma montanha? só se auto-descobre quem é rico para viajar?), mas, por incrível que pareça, o resultado sobrevive. Nada é irritante ou sequer próximo de testar a paciência, até porque Ben Stiller está mais contido do que o grande público costuma ver. Ele, aliás, parece estar naquela fase da vida de descobrir outros talentos e abandonar as fórmulas comerciais que um dia lhe trouxeram fama. Seu longa não chega a ser original como prometia, mas consegue o título de feel good movie com as boas intenções. Inofensivo e até mesmo emocionante – se você permitir, claro.

FILME: 7.0

3*

3 comentários em “A Vida Secreta de Walter Mitty

  1. O filme é incrível, traz uma imensidão de sentimentos bons. As pessoas deviam ver, não apenas esse filme mas também o mundo, com olhos mais positivos e menos críticos. Viaje na imensidão das imagens, sinta o prazer de se redescobrir e viva a sua vida se aventurando.

  2. “A Vida Secreta de Walter Mitty” é um filme muito bem intencionado, que parece querer pegar carona na fórmula bem sucedida vista em “As Aventuras de Pi”, mas que peca por não definir o que quer ser: uma comédia, um drama ou um dramedy.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: