Os indicados ao Blog de Ouro 2014

viiblogdeouro

Foram revelados, na noite deste domingo (02), os indicados ao Blog de Ouro 2014, premiação anual da Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos. A Sociedade, criada em 2007, reúne 74 blogueiros cinéfilos de todo o Brasil. Em anos anteriores, Cartas de Iwo Jima (2008), Sangue Negro (2009), Bastardos Inglórios (2010), A Origem (2011), Cisne Negro (2012) e A Separação (2013) foram os grandes vencedores da premiação. Em 2014, AmorGravidadeO MestreO Som ao RedorTabu disputam a categoria principal.

No geral, a lista, dadas as devidas proporções, contempla o que de fato 2014 trouxe de melhor no cinema. Surpreende, particularmente, a seleção principal: O Mestre Amor, filmes tão pesados e complexos, conseguiram merecidamente chegar entre os finalistas; O Som ao Redor Tabu representam a excelente fase que o cinema de língua latina teve no ano que passou; e Gravidade é o porta-voz do cinema estadunidense de cifras milionárias (mas vale lembrar que o filme está muito longe de ser apenas isso). Em um balanço geral, a lista fica em um meio termo com a minha cédula de votação pessoal (que será divulgada em breve por aqui com a premiação de melhores do ano).

Talvez tenha Django Livre demais (finalista em fotografia com Anna Karenina de fora?), menções desnecessárias para O Lado Bom da Vida (concorrer em roteiro adaptado com Álbum de Família esnobado é uma verdadeira injustiça) e leves ausências (Flores Raras não conseguiu entrar nem em filme nacional?!), mas o que realmente me incomodou foi a seleção de canções originais. Existe uma clara confusão entre música como ferramenta cinematográfica e admiração pessoal pelos intérpretes. Só isso para explicar, por exemplo, a indicação de Over the Love, por O Grande Gatsby (enquanto Polka do Cu, de Tatuagem, sequer ficou entre as pré-finalistas).

A lista de indicados (que contempla os filmes lançados comercialmente no Brasil em 2013) terá seus vencedores anunciados no dia 23 de fevereiro. Mas informações na página oficial da Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos.

MELHOR FILME
Amor
Gravidade
O Mestre
O Som ao Redor
Tabu

MELHOR DIREÇÃO
Alfonso Cuarón (Gravidade)
Kleber Mendonça Filho (O Som ao Redor)
Michael Haneke (Amor)
Miguel Gomes (Tabu)
Paul Thomas Anderson (O Mestre)

MELHOR ELENCO
Álbum de Família
Django Livre
O Lado Bom da Vida
O Mestre
Os Suspeitos

MELHOR ATRIZ
Adèle Exarchopoulos (Azul é a Cor Mais Quente)
Cate Blanchett (Blue Jasmine)
Emmanuelle Riva (Amor)
Jessica Chastain (A Hora Mais Escura)
Sandra Bullock (Gravidade)

MELHOR ATOR
Daniel Day-Lewis (Lincoln)
Joaquin Phoenix (O Mestre)
Mads Mikkelsen (A Caça)
Matthew McConaughey (Killer Joe – Matador de Aluguel)
Tom Hanks (Capitão Phillips)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Amy Adams (O Mestre)
Anne Hathaway (Os Miseráveis)
Helen Hunt (As Sessões)
Julia Roberts (Álbum de Família)
Léa Seydoux (Azul é a Cor Mais Quente)

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Barkhad Abdi (Capitão Phillips)
Christoph Waltz (Django Livre)
Jake Gyllenhaal (Os Suspeitos)
Leonardo DiCaprio (Django Livre)
Philip Seymour Hoffman (O Mestre)

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Amor
Blue Jasmine
Django Livre
O Mestre
O Som ao Redor

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Antes da Meia-Noite
Azul é a Cor Mais Quente
Dentro da Casa
Killer Joe – Matador de Aluguel
O Lado Bom da Vida

MELHOR FILME NACIONAL
Elena
Faroeste Caboclo
O Que Se Move
O Som ao Redor
Tatuagem

MELHOR DOCUMENTÁRIO
Crazy Horse
Doméstica
Dossiê Jango
Elena
Marina Abramovic – Artista Presente

MELHOR ANIMAÇÃO
Contos da Noite
Os Croods
Detona Ralph
Uma História de Amor e Fúria
Universidade Monstros

MELHOR TRILHA SONORA
Anna Karenina
Gravidade
O Mestre
Rush – No Limite da Emoção
A Viagem

MELHOR MONTAGEM
Capitão Phillips
Gravidade
A Hora Mais Escura
Rush – No Limite da Emoção
O Som ao Redor

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
“Last Mile Home” (Álbum de Família)
“Young and Beautiful” (O Grande Gatsby)
“Freedom” (Django Livre)
“Over the Love” (O Grande Gatsby)
“Atlas” (Jogos Vorazes – Em Chamas)

MELHOR FIGURINO
Anna Karenina
Django Livre
O Grande Gatsby
Jogos Vorazes – Em Chamas
Os Miseráveis

MELHOR FOTOGRAFIA
Django Livre
Era Uma Vez na Anatólia
Gravidade
O Mestre
Os Suspeitos

MELHOR MAQUIAGEM
Evil Dead – A Morte do Demônio
O Hobbit: A Desolação de Smaug
Lincoln
Os Miseráveis
Rush – No Limite da Emoção

MELHORES EFEITOS VISUAIS
Além da Escuridão – Star Trek
Círculo de Fogo
Gravidade
O Hobbit: A Desolação de Smaug
O Homem de Aço

MELHOR SOM
Círculo de Fogo
Gravidade
A Hora Mais Escura
Rush – No Limite da Emoção
O Som ao Redor

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
Anna Karenina
O Grande Gatsby
Gravidade
O Hobbit: A Desolação de Smaug
Os Miseráveis

3 comentários em “Os indicados ao Blog de Ouro 2014

  1. Os membros da SBBC estão de parabéns pela lista de indicados, que ficou muito boa e muito abrangente do que vimos de melhor no cinema em 2013. E você está de parabéns pela análise dos indicados, Matheus!

  2. Assim como vocês, eu não entendo esse amor todo por “O Lado Bom da Vida”. Um roteiro que começa até interessante, mas que na metade final descamba para os maiores clichês da comédia romântica. Tem até a cena do mocinho correndo atrás da mocinha no meio da rua! Conseguiu até ganhar o BAFTA de melhor roteiro adaptado. Será que todo mundo ficou hipnotizado por Jennifer Lawrence e esqueceram de prestar atenção no desenvolvimento da história?

    Eu incluiria “A Hora Mais Escura” e “Lincoln” em melhor filme, roteiro e direção. Acho que era no ano passado que Kathryn Bigelow tinha que ganhar o Oscar de melhor direção. Como eu não voto, estou dando meus palpites aqui. hehehe…

  3. Não há como ficar infeliz com uma seleção de alto nível como essa, mas ainda assim, algumas ausências notáveis não puderam deixar de ser sentidas:

    – Hugh Jackman com seu Jean Valjean em ator;
    – “Os Miseráveis” em elenco (possivelmente o melhor do ano);
    – “A Hora Mais Escura” em roteiro original e direção. Ao menos, a categoria de direção foi consistente com os indicados a melhor filme;
    – I See Fire de “O Hobbit” em canção;
    – “Indomável Sonhadora” em trilha;
    – Meryl Streep e “Álbum de Família” em atriz e roteiro adaptado, respectivamente;

    E não vou nem comentar essas indicações de “O Lado Bom da Vida” (filme do qual eu desgosto muito) em roteiro e elenco.

    As boas novas foram as indicações de “O Mestre” nas categorias principais, Jessica e Sandra sendo (merecidamente) lembradas em atriz (não achei que elas teriam força pra chegar aqui), Julia por “Álbum de Família” e Last Mile Home e Young Beautiful entre as canções indicadas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: