Uma nova fase

Cresci lendo críticas de cinema que estabeleciam uma nota para cada filme. Dos nostálgicos tempos em que me divertia com a extinta revista SET até épocas mais recentes em que passei a descobrir sites como o Cinema em Cena e o Omelete, sempre estive cercado pelas cotações – sejam elas por estrelas ou números. Minha formação cinéfila sempre foi assim, repleta de avaliações quantitativas para filmes. Desde quando comecei a rabiscar meus primeiros comentários, lá estavam as notas. Sempre. E eu sempre gostei de estabelecê-las. Acho um termômetro curioso e interessante.

Mais recentemente, no entanto, descobri que tenho cada vez mais problemas com elas. Dois casos particulares me levaram a decidir que chegou a hora de eu eliminar as cotações do Cinema e Argumento: PhilomenaEla, dois filmes cujas notas me pareciam incoerentes com o que eu estava escrevendo. Em ambos os casos, conforme elaborava o texto, percebi que a nota deveria ser diferente. Mas ambos tinham suas cotações bem claras para mim, mesmo com a minha escrita acusando o contrário. Confuso, não?

Já faz um certo tempo que tenho sido assombrado por essas minhas incoerências entre os elogios a um filme e a nota atribuída a ele. Tenho a sensação de que, às vezes, teço só elogios para um longa, mas a nota fica no mero 8.0, por exemplo. Desisti de parar de sofrer com isso. É difícil terminar com velhos hábitos e deixar de dar notas certamente será um desafio para mim – bem como também será um risco, pois sei que vários leitores gostam de se guiar primeiro pelas notas. Mas chegou a hora de mudar.

Não julgo quem quantifica a qualidade de um filme e continuarei por aí utilizando esse termômetro (alô, Filmow!), mas, aqui no blog, essa fase terminou. Acredito que o que eu escrevo – sem notas – é muito mais capaz de realmente mostrar como um filme me envolveu do que as recorrentes faltas de diálogo entre o texto e a avaliação. Espero contar com vocês nessa nova jornada.

5 comentários em “Uma nova fase

  1. Vou tentar me adaptar, prometo, mas acho que você está certíssimo nas suas considerações. Também já me peguei muitas vezes contando um filme com entusiasmo e, depois, atribuindo uma ou nenhuma estrelinha (um 8 ou 7) no blog. Só não vou seguir seu exemplo no By Star porque adoro uma nota que resuma tudo! ;-)

  2. Conte comigo! Acho nota uma coisa tão subjetiva. Muitas vezes o texto diz uma coisa e a nota reflete outra. Eu segui esse sistema muito tempo no Cinéfila e mudei porque as pessoas PEDIAM notas… Enfim, não gosto de atribuir notas, porque prefiro refletir o filme no texto….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: