Melhores de 2013 – Filme

gravitybmovie

Nunca tive qualquer dúvida, quando 2013 chegou ao fim, que Gravidade seria o meu filme favorito do ano – pelas mais diversas razões, que já foram explicadas em diversas ocasiões aqui no blog. O complicado mesmo foi montar este top 10, que certamente sofreria alterações se eu resolvesse revisitá-lo futuramente. Isso porque poucas vezes nos últimos anos tivemos uma média tão boa de lançamentos – o que acarreta muitas ausências, como a de O Som ao RedorO Que Se MoveBlue JasmineDjango LivreAlém da Escuridão – Star Trek (que também foram pontos altos do ano que passou). Mas o que consegui reunir abaixo representa fielmente tudo aquilo que mais me tocou em 2013, dos digníssimos dramas franceses ao retorno de grandes diretores, bem como dramas bastante tradicionais mas repletos de acertos. Ilustrando cada um dos longas, trechos dos textos que publicamos sobre eles. Nos vemos em 2015 com mais uma lista de melhores do ano!

masterbmovie

2. O MESTRE

Nunca prejudicado pela sua duração, o novo trabalho de Anderson, em contramão,  faz um estudo temático fascinante e ainda tem a seu serviço elenco simplesmente extraordinário. O tempo deve fazer justiça a O Mestre“. +

prisonersbmovie

3. OS SUSPEITOS

Não é o policial de tiroteios, a investigação de resoluções desnecessariamente mirabolantes ou o drama de respostas fáceis. É melhor e mais envolvente do que isso, mas com a devida dose de sobriedade. Simples e completo, como há muito não víamos no gênero“. +

misbmovie

4. OS MISERÁVEIS

Os detratores de Tom Hooper que me desculpem, mas não é qualquer um que consegue segurar um filme como esse. E, bem como o último grande musical que vimos (Moulin Rouge!), Os Miseráveis é assim: para se abraçar completamente ou para se renegar com todo o fervor”. +

pinesbmovie

5. O LUGAR ONDE TUDO TERMINA

Frequentemente inesperado, O Lugar Onde Tudo Termina foge do convencional e consegue entrar na cabeça do espectador, que não consegue deixar de se sentir envolvido por cada personagem e cada avanço do roteiro“. +

bluebmovie

6. AZUL É A COR MAIS QUENTE

Crescer acontece mais rápido do que a gente imagina, diz Emma (Seydoux) em certo ponto. Adèle (Exarchopoulos) aprenderá isso. E nós, se ainda não chegamos a esse estágio, teremos esse mesmo aprendizado com a sua jornada“. +

rustbmovie

7. FERRUGEM E OSSO

Ferrugem e Osso nunca deixa de demonstrar plena sutileza no roteiro, nas atuações e na direção – o que certamente vai surpreender quem, por tantas razões e pelo lindíssimo trailer britânico, esperava algo mais lacrimoso“. +

midnightbmovie

8. ANTES DA MEIA-NOITE

Não existem julgamentos ou respostas certas em Antes da Meia-Noite. O que o filme quer realmente mostrar é muito simples: nada dura para sempre. E não é porque uma história começou cheia de encantamento que ela vai brilhar até o último de seus dias“. +

Toronto Film Festival August Osage County

9. ÁLBUM DE FAMÍLIA

Alguns estereótipos perfeitamente admissíveis, segredos familiares envolventes, ressentimentos previsíveis mas bem explorados, cenas dramáticas eficientes e até mesmo alívios cômicos divertidos. Inovador? Não, mas como uma (boa) trama novelesca deve ser, com histórias sobre a vida mesmo, facilmente identificáveis por todos nós“. +

sessionsbmovie

10. AS SESSÕES

Um pequeno filme que coloca todos no mesmo patamar, onde a condição do protagonista é apenas pretexto para que se fale sobre sentimentos, frustrações e esperanças. Especial em sua humildade, As Sessões merece reconhecimento pela forma humana com que lida com questões tão delicadas“. +

4 comentários em “Melhores de 2013 – Filme

  1. Kamila, sem pensar duas vezes! :)

    Régis, no Oscar eu torcia por Julia Roberts ou Sally Hawkins. E tenho certeza absoluta que, se a primeira já não tivesse um Oscar em casa, ganharia todos os prêmios por seu desempenho em “Álbum de Família”.

    Clóvis, eu também adoro “Azul é a Cor Mais Quente”!

  2. Excelente seleção! Assisti a apenas seis dos seus indicados, e por mais que adore “Gravidade”, meu filme favorito do ano é “Azul é a Cor Mais Quente.”

  3. Eu particularmente acho que a atuação da Julia Roberts é a melhor coadjuvante do ano passado (sorry ai, Lupita), e mesmo eu adorando todo e qualquer filme que traz barracos familiares, não consegui abraçar “Retratos…” com a força que eu queria. No mais, lista foda… tiraria alguns, e colocaria outros… mas meu Top 3 tá todo ai… Gravidade, Azul…, e Os Suspeitos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: