Os vencedores do Screen Actors Guild Awards 2015

redmaynesag

O fim de semana foi de festa para Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância). O motivo? O filme do mexicano Alejandro González Iñárritu faturou o Producers Guild Awards e o Screen Actors Guild Awards de melhor elenco. O destaque deste segundo, cujos vencedores conhecemos ontem à noite, não foi, no entanto, o filme em questão e sim a vitória de Eddie Redmayne como melhor ator por A Teoria de Tudo. Destaque por duas razões bem claras: primeiro porque o jovem carimba de vez a sua vitória no Oscar (era esperado que uma possível vitória de Michael Keaton no SAG embolasse a disputa, o que não aconteceu) e segundo porque o prêmio abala fortemente as chances de Birdman vencer como melhor filme no Oscar – afinal, o longa de Iñárritu não tem qualquer perspectiva de se consagrar nas categorias principais e agora nem mais em melhor ator, uma categoria dada como certa. Pelo histórico, é quase impossível um filme ganhar o Oscar sem ter pelo menos um prêmio de direção, roteiro ou montagem. E Birdman, sendo muito otimista, pode levar apenas a estatueta de roteiro… As maiores chances ainda estão com Boyhood.

Voltando a Redmayne, o recado de sua vitória é muito simples: nunca subestime o poder da combinação biografia + deficiência. Redmayne é um excelente ator e sua vitória quebraria até mesmo um jejum: a última vez que um intérprete com menos de 35 anos levou o Oscar de melhor ator foi em 2003 com Adrien Brody por O Pianista. De resto, não tivemos qualquer novidade envolvendo as categorias de cinema. É praticamente certo que o quarteto de atores vencedores deste prêmio deve se repetir no Oscar (especialmente porque todos eles, incluindo Redmayne, ainda têm tudo para ganhar o BAFTA também). Na TV tivemos boas surpresas: mesmo com uma lista de comédias defasadas e repleta de ausências (sendo Transparent a mais gritante), optaram pelo novo e premiaram Orange is the New Black como melhor elenco e interpretação feminina. Também arranjaram espaço para finalmente premiar Kevin Spacey e Mark Ruffalo por alguma coisa, mesmo que o desempenho do segundo em The Normal Heart seja quase histriônico, ao contrário do que normalmente realiza.

Não houve, contudo, nenhum discurso tão inspirador quanto o de Viola Davis, vencedora do prêmio de melhor interpretação feminina em série dramática por How to Get Away With Murder. Em um ano que as premiações refletem uma grande dívida da indústria com negros e mulheres, Viola não hesitou em expor o problema, mencionando e celebrando o fato de que ela, uma mulher negra de 49 anos, estava sendo celebrada por interpretar uma personagem, sexualizada, confusa e misteriosa. A afirmação foi certeira para um histórico vergonhoso das premiações que, em suas respectivas listas, só entregam estatuetas a mulheres negras por papeis de escravas, empregadas, mães abusivas ou caricaturas. Chegou a hora de mudar isso. E que bom que alguém finalmente deu voz ao assunto com extrema dignidade e em uma bela circunstância. Confira abaixo a lista completa de vencedores do Screen Actors Guild Awards 2015:

MELHOR ELENCO: Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)
MELHOR ATRIZ: Julianne Moore (Para Sempre Alice)

MELHOR ATOR: Eddie Redmayne (A Teoria de Tudo)
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE: Patricia Arquette (Boyhood: Da Infância à Juventude)
MELHOR ATOR COADJUVANTE: J.K. Simmons (Whiplash: Em Busca da Perfeição)
MELHOR ELENCO DE SÉRIE DRAMA: Downton Abbey
MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DRAMA: Viola Davis (How to Get Away With Murder)

MELHOR ATOR EM SÉRIE DRAMA: Kevin Spacey (House of Cards)
MELHOR ELENCO DE SÉRIE COMÉDIA: Orange is the New Black
MELHOR ATRIZ EM SÉRIE COMÉDIA: Uzo Aduba (Orange is the New Black)

MELHOR ATOR EM SÉRIE COMÉDIA: William H. Macy (Shameless)
MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE/TELEFILME: Frances McDormand (Olive Kitteridge)
MELHOR ATOR EM MINISSÉRIE/TELEFILME: Mark Ruffalo (The Normal Heart)

4 comentários em “Os vencedores do Screen Actors Guild Awards 2015

  1. Acho que Michael Keaton ainda ganha o Oscar, mesmo sem levar BAFTA e SAG. Muito estranha a exclusão de “Birdman” em melhor montagem entre os indicados ao Oscar.

  2. “Birdman”, sem dúvida, termina esse final de semana com um grande momento a seu favor. Porém, ainda acho que “Boyhood” é o favorito ao Oscar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: