Os vencedores do BAFTA 2015

baftajmoore

Julianne Moore e o seu BAFTA de melhor atriz por Para Sempre Alice: tal consagração, assim como várias outras concedidas pelos britânicos, atesta que, talvez, a disputa como um todo não esteja tão imprevisível assim.

Se a vitória do mexicano Alejandro González Iñárritu no DGA parece ter embolado de vez a disputa pelo o Oscar, o BAFTA veio para mostrar que talvez essa concorrência acirradíssima venha apenas do nosso eterno desejo de que os votantes da Academia surpreendam. Não sei até que ponto Birdman pode ser um favorito quando é muito complicado vê-lo vencendo em categorias como direção (será mesmo que um mexicano venceria pelo segundo ano consecutivo e só tendo o DGA na bagagem?), roteiro (este é o prêmio máximo que Wes Anderson pode ganhar na vida considerando o Oscar) ou montagem (lembrando que…ops, Birdman nem concorre aqui!). Alie tudo isso ao fato de que Michael Keaton já está morto na corrida de melhor ator com mais esta vitória de Eddie Redmayne no BAFTA. 

É muito mais fácil o Oscar se entregar a Boyhood mesmo: o filme de Linklater venceu o Globo de Ouro e agora foi comprado até pelos tradicionais britânicos! E isso que estamos falando de um filme bastante estadunidense. Perdeu o SAG, é verdade, mas esse era um prêmio de elenco – e, caso tivesse vencido, seria uma vitória bastante errada. Cada um interpreta de forma diferente, mas não vejo tanto mistério assim em 2015, e a lista do BAFTA corrobora tal opinião. Ela ainda serviu para nos dar um bom panorama das categorias técnicas: O Grande Hotel Budapeste deve mesmo reinar em várias delas (merecidamente, diga-se de passagem) e existe até mesmo a possibilidade de Whiplash ganhar com louvor um ou dois prêmios de som e montagem. Com um quarteto de atores fechado para o Oscar e Richard Linklater e seu Boyhood repetindo novamente vitórias, a moral da história talvez seja mesmo que estamos superestimando a ideia de que a Academia ainda pode fazer algo de novo. Confira abaixo a lista completa de vencedores:

MELHOR FILME: Boyhood: Da Infância à Juventude
MELHOR FILME BRITÂNICO: A Teoria de Tudo
MELHOR DIREÇÃO: Richard Linklater (Boyhood: Da Infância à Juventude)
MELHOR ATRIZ: Julianne Moore (Para Sempre Alice)
MELHOR ATOR: Eddie Redmayne (A Teoria de Tudo)
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE: Patricia Arquette (Boyhood: Da Infância à Juventude)
MELHOR ATOR COADJUVANTE: J.K. Simmons (Whiplash: Em Busca da Perfeição)
MELHOR ROTEIRO ADAPTADO: A Teoria de Tudo
MELHOR ROTEIRO ORIGINAL: O Grande Hotel Budapeste
MELHOR DOCUMENTÁRIO: Citizenfour
MELHOR FILME ESTRANGEIRO: Ida (Polônia)
MELHOR FIGURINO: O Grande Hotel Budapeste
MELHOR FOTOGRAFIA: Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)
MELHOR ANIMAÇÃO: Uma Aventura Lego
MELHORES EFEITOS VISUAIS: Interestelar
MELHOR MAQUIAGEM & PENTEADOS: O Grande Hotel Budapeste
MELHOR MONTAGEM: Whiplash: Em Busca da Perfeição
MELHOR SOM: Whiplash: Em Busca da Perfeição
MELHOR TRILHA SONORA: O Grande Hotel Budapeste
MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO: O Grande Hotel Budapeste
MELHOR CURTA BRITÂNICO: Boogaloo and Graham
MELHOR CURTA DE ANIMAÇÃO: The Bigger Picture
RISING STAR: Jack O’Connell

2 comentários em “Os vencedores do BAFTA 2015

  1. Bom, acho que o momento anda especialmente favorável para “Birdman”, apesar de “Boyhood” ter se dado bem aqui. A vantagem maior do filme de Inarritu é o desempenho brilhante que a obra teve nos prêmios dos sindicatos. E a gente sabe que os votantes dos prêmios dos sindicatos fazem parte dos diversos branchs do Oscar.

    • Kamila, não vejo muita saída para o Oscar a não ser simplesmente reproduzir o que vimos em cerimônias como a do Critics’ Choice Awards, Globo de Ouro e BAFTA. Este é o meu palpite!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: