Oscar 2015: apostas

oscar15

Hoje chega ao fim a temporada 2015 de premiações. Dessa vez, a disputa está realmente indefinida. E não é forçar a barra: não será surpresa alguma se Boyhood perder a estatueta para Birdman, por exemplo. O favoritismo está polarizado nesses dois filmes que – vale ressaltar – têm narrativa e até mesmo estética bastante diferentes do que o Oscar costuma normalmente celebrar. Já é um avanço, se formos analisar por esse lado. Enquanto isso, não há muitas dúvidas em relação aos atores, ao passo que O Grande Hotel Budapeste deve liderar as categorias técnicas. E aí, você é #TeamBoyhood ou #TeamBirdman? Independente disso, você tem motivos de sobra para esperar uma vitória de ambos. A cerimônia do Oscar será transmitida no Brasil pela TNT a partir das 20h30 com o tapete vermelho, seguido da cerimônia de premiação às 22h30. Para quem pode acompanhar o canal E!, a função começa já às 15h30 com o tradicional Countdown. Relembre aqui a lista de indicados. Bom Oscar a todos!

MELHOR FILME
Quem leva: Boyhood: Da Infância à Juventude, porque é tendência nas premiações
Quem pode surpreender: Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância), que tem o aval dos principais sindicatos
Quem mereceBirdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância), pela inventividade, originalidade e relevância temática e técnica
Quem nunca venceria: Selma: Uma Luta Pela Igualdade, porque só concorre a canção e porque o arrependimento dos votantes com a ausência dos negros na cerimônia é delicado demais para ser compensado assim

MELHOR DIREÇÃO
Quem leva: Richard Linklater (Boyhood), para reforçar a dobradinha com a categoria principal e porque o cara tem trajetória nunca reconhecida
Quem pode surpreender: Alejandro González-Iñárritu (Birdman), mesmo que pareça impossível dois mexicanos vencerem essa categoria consecutivamente
Quem merece: Alejandro González-Inárritu, que, dadas as proporções dos respectivos filmes, não deve nada ao que seu conterrâneo Alfonso Cuarón fez em Gravidade
Quem nunca venceria: Bennett Miller (Foxcatcher – Uma História Que Chocou o Mundo), pois seria meio incoerente ganhar aqui e não ter o filme selecionado entre os oito da categoria principal

MELHOR ATRIZ
Quem leva: Julianne Moore (Para Sempre Alice), já que a dívida é grande, o papel é certeiro, a mulher é incrível e ela está de fato ótima nesse filme que não teria vida em prêmios se tivesse sido lançado na metade do ano
Quem pode surpreender: ninguém, o prêmio já é de Julianne Moore
Quem merece: Marion Cotillard (Dois Dias, Uma Noite), com o meu coração gritando também por Rosamund Pike (Garota Exemplar)
Quem nunca venceria: Marion Cotillard, uma atriz francesa com um Oscar em casa ganhando pela segunda vez? Nunquinha.

MELHOR ATOR
Quem leva: Eddie Redmayne (A Teoria de Tudo), com o papel infalível envolvendo deficiência em uma biografia inglesa bem acadêmica
Quem pode surpreender: Michael Keaton (Birdman), porque vai que no finalzinho dá para reverter o jogo…
Quem merece: Eddie Redmayne, pelo magnífico trabalho corporal e pela perfeita compreensão de mente e espírito de Stephen Hawking
Quem nunca venceria: Steve Carell, que, comparado aos outros concorrentes, não tem nome ou força suficientes para sequer ser cogitado – e ainda está na categoria errada por um filme dificílimo

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Quem vence: Patricia Arquette (Boyhood), sem qualquer outra chance de alguém vencer
Quem pode surpreender: ninguém, deem logo a estatueta para ela
Quem merece: Laura Dern (Livre), pela carreira, pelo talento, pelo que representa no filme e por deixar as lembranças mais carinhosas entre as indicadas (e sei que estou sozinho nessa)
Quem nunca venceria: Meryl Streep (Caminhos da Floresta) pela quarta vez tão cedo? Nopes. Vai ter que esperar mais 30 anos.

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Quem vence: J.K. Simmons (Whiplash: Em Busca da Perfeição), o favorito inegável que tem a matemática completa a seu favor
Quem pode surpreender: de novo, ninguém. O quarteto vencedor de atores já está praticamente carimbado.
Quem merece: J.K. Simmons, sem nenhum concorrente à altura
Quem nunca venceria: Robert Duvall (O Juiz), porque seria muita falta de vergonha cara

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Quem venceO Grande Hotel Budapeste, pois é o máximo de Oscar que Wes Anderson leva na vida (e um filme seu nunca foi tão badalado)
Quem pode surpreenderBirdman, se os votantes decidirem que esse filme precisa levar alguma coisa se for esnobado em filme e direção
Quem mereceO Grande Hotel Budapeste, pelo auge da originalidade cada vez mais crescente e controlada que Anderson vem apresentando nos últimos anos
Quem nunca venceriaO Abutre, porque seria o maior azarão em muitos anos (ou décadas)

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Quem venceO Jogo da Imitação, em um chute aleatório
Quem pode surpreenderA Teoria de Tudo, acreditando que uma das biografias tradicionais se consagra aqui
Quem mereceWhiplash deveria ser o favorito incontestável (considerando que não conferi Vício Inerente)
Quem nunca venceriaVício Inerente. Se Paul Thomas Anderson nunca ganhou nem com filmes mais badalados e que hoje são clássicos, imagina com esse…

MELHOR FOTOGRAFIABirdman / alt: O Grande Hotel Budapeste
MELHOR FIGURINOO Grande Hotel Budapeste / alt: Sr. Turner
MELHOR MIXAGEM DE SOMWhiplash / alt: Sniper Americano
MELHOR EDIÇÃO DE SOMSniper Americano / alt: Birdman

MELHOR MONTAGEM: Boyhood / alt: Whiplash
MELHOR TRILHA SONORAA Teoria de Tudo / alt: O Grande Hotel Budapeste
MELHOR DOCUMENTÁRIO: Citizenfour / alt: Virunga
MELHOR FILME ESTRANGEIRO: Ida (Polônia) / alt: Leviatã (Rússia)

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃOO Grande Hotel Budapeste / alt: O Jogo da Imitação
MELHOR ANIMAÇÃO: Como Treinar o Seu Dragão 2 / alt: Operação Big Hero
MELHOR CURTA-METRAGEM: Boogaloo and Graham / alt: The Phone Call
MELHOR CURTA-METRAGEM DE ANIMAÇÃOThe Bigger Picture / alt: O Banquete
MELHOR CURTA-METRAGEM DE DOCUMENTÁRIO: Nasza Klatwa / alt: Joanna
MELHOR CANÇÃO ORIGINAL: “Glory” (Selma) / alt: “I’m Not Gonna Miss You” (Glenn Campbell: I’ll Be Me)
MELHOR MAQUIAGEM & PENTEADOSO Grande Hotel Budapeste / alt: Guardiões da Galáxia
MELHORES EFEITOS VISUAISInterestelar / alt: Planeta dos Macacos: O Confronto

4 comentários em “Oscar 2015: apostas

  1. A Meryl vai ganhar outro Oscar só dps de mais trinta anos???
    Por favor!! Ela ainda vai enfiar muitos Oscar em vcs!

  2. cê tá sozinho não. #teamlauradern <3 #teambirdman
    VEM OSCAAAR

  3. Matheus, discordamos somente em Melhor Diretor. Mas, concordo que a vitória de Linklater é um cenário bem possível, tendo em vista o equilíbrio desta categoria. Apostei no triunfo de Iñarritu, mas tenho lá as minhas dúvidas se a AMPAS premia um diretor mexicano pelo segundo ano seguido nesta categoria.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: