43º Festival de Cinema de Gramado apresenta filmes concorrentes

horasvoltagramado

Depois de receber menção honrosa em Sundance por sua atuação, Regina Casé levará para casa o Kikito? Que Horas Ela Volta?, de Anna Muylaert, faz sua estreia nacional na competição do 43º Festival de Cinema de Gramado

O Festival de Cinema de Gramado, maior evento ininterrupto do gênero no Brasil, revelou na manhã desta terça-feira (30) as mostras competitivas de sua 43ª edição, que será realizada entre os dias 07 e 15 de agosto. É na cidade gaúcha – recentemente eleita o melhor destino turístico do Brasil segundo o TripAdvisor – que o longa Que Horas Ela Volta?, de Anna Muylaert, faz sua estreia nacional. Ainda inédito no Brasil, o filme estrelado por Regina Casé chegou a receber uma menção honrosa no Festival de Sundance pela atuação da atriz. No Festival de Berlim, a produção ganhou o prêmio da Confederação de Cinemas de Arte e Ensaio na seção Panorama. Muylaert tem trajetória especial com Gramado: Durval Discos, seu trabalho de estreia, foi o grande vencedor do Festival em 2002, com os Kikitos de melhor filme, direção e roteiro. Entre os longas brasileiros selecionados por Eva Piwowarski, Marcos Santuario e Rubens Ewald Filho, mais sete títulos disputam o Festival. 

Internacionalizado desde 1992, quando passou a promover uma mostra de filmes de língua latina (e o primeiro vencedor do Kikito de melhor direção foi ninguém menos que Pedro Almodóvar com De Salto Alto), o Festival de Cinema de Gramado só incluiu uma estrangeira em sua curadoria ano passado. A estreia da argentina Eva Piwowarski foi considerada um tanto decepcionante, visto que a mostra estrangeira apresentava um título a menos do que os habituais seis concorrentes. Este ano, não há o que se reclamar: são sete títulos selecionados, uma pluralidade admirável de países. Colômbia, México, Argentina, Equador, Costa Rica, Cuba e Uruguai estão representados na 43ª edição do evento. O recente vencedor do Oscar Alejandro González Iñárritu produz um dos filmes em competição: En La Estancia, dirigido por Carlos Armella. Além dos longas, o Festival também apresentou os concorrentes entre os curtas brasileiros e gaúchos.

O Troféu Oscarito, distinção do Festival destinada a grandes atores do cinema brasileiro, completa 25 anos em 2015. A simbólica data terá uma homenageada à altura do prêmio: Marília Pêra. Com 24 filmes no currículo, a atriz já foi consagrada duas vezes no Festival com o Kikito de melhor atriz: em 1987, com Anjos da Noite, e em 1983 com Bar Esperança – O Último Que Fecha. Em 2007, ela esteve na serra gaúcha ao lado do saudoso Eduardo Coutinho para encerrar o Festival com Jogo de Cena, considerada uma das obras-primas do diretor. Já o diretor Daniel Filho receberá o troféu Cidade de Gramado, um agradecimento especial da cidade a figuras do meio cinematográfico. As outras homenagens (Kikito de Cristal, para personalidade latina, e Eduardo Abelin, para cineastas) serão divulgadas posteriormente. Confira abaixo a lista completa de filmes selecionados para o 43º Festival de Cinema de Gramado:

LONGAS BRASILEIROS
Ausência, de Chico Teixeira (SP)
Introdução à Música do Sangue, de Luiz Carlos Lacerda (RJ)
O Fim e os Meios, de Murilo Salles (RJ)
O Outro Lado do Paraíso, de André Ristum (DF)
O Último Cine Drive-In, de Iberê Carvalho (DF)
Ponto Zero, de José Pedro Goulart (RS)
Que Horas Ela Volta?, de Anna Muylaert (SP)
Um Homem Só, de Cláudia Jouvin (RJ)

LONGAS ESTRANGEIROS
Ella, de Libia Stella Gómez (Colômbia)
En La Estancia, de Carlos Armella (México)
La Salada, de Juan Martin Hsu (Argentina)
Ochentaisiete, de Anahi Hoeneisen e Daniel Andrade (Equador)
Presos, de Esteban Ramírez Jímenez (Costa Rica)
Venecia, de Kiki Alvarez (Cuba)
Zanahoria, de Enrique Buchichio (Uruguai)

CURTAS BRASILEIROS
, de Leandro Tadashi (SP)
Como São Cruéis os Pássaros da Alvorada, de João Toledo (MG)
Dá Licença de Contar, de Pedro Serrano (SP)
Enquanto o Sangue Coloria a Noite, Eu Olhava as Estrelas, de Felipe Arrojo Poroger (SP)
Haram, de Max Gaggino (BA)
Heroi, de Pedro Figueiredo (SP)
Macapá, de Marcos Ponts (MA)
Miss & Grubs, de Camila Kamimura e Jonas Brandão (SP)
Muro, de Eliane Scardovelli (SP)
O Corpo, de Lucas Cassales (RS)
O Teto Sobre Nós, de Bruno Carboni (RS)
Quando Parei de Me Preocupar Com Canalhas, de Tiago Vieira (SP/GO)
S2, de Bruno Bini (MT)
Sêo Inácio (ou O Cinema Imaginário), de Helio Ronyvon (RN)
Virgindade, de Chico Lacerda (PE)

PRÊMIO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA – MOSTRA GAÚCHA DE CURTAS
Arte da Loucura, de Karine Emerich e Mirela Kruel
Atrás da Sombra, de Luciana Mazeto e Vinícius Lopes
Bruxa de Fábrica, de Jonas Costa
Consertam-se Gaitas, de Ana Cris Paulus, Boca Migotto e Felipe Gue Martini
Da Vida Só Espero a Morte, de Júlia Ramos
De Que Lado Me Olhas, de Carolina de Azevedo e Elena Sassi
– Entre Nós, de Maciel Fischer
Ferro, de Giordano Gio

Kaali, de Gabriel Motta Ferreira
Liga-Pontos, de Teresa Assis Brasil
Madrepérola, de Deise Hauenstein
O Movimento do Escuro, de Alexandre Rossi

Nes Pas Projeter, de Cristian Verardi
O Corpo, de Lucas Cassales
O Sonho, o Limiar e a Porta que Metamorfoseia, de Gustavo Spolidoro
Pele de Concreto, de Daniel de Bem
Plano, de Virginia Simone, Carlos Dias e Matheus Walter
Quanto Mais Suicida, Menos Suicida, de Maurício Canterle Gonçalves
Rito Sumário, de Alexandre Derlam

2 comentários em “43º Festival de Cinema de Gramado apresenta filmes concorrentes

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: