“The Danish Girl”, a dose dupla de Eddie Redmayne?

Não foram todos que acreditaram que Eddie Redmayne venceria o Oscar de melhor ator por A Teoria de Tudo quando essa aposta já era uma das mais óbvias e coerentes da temporada do ano passado. Ninguém, no entanto, será louco de subestimar o jovem ator em 2016, ano em que ele, sem dúvida alguma, retornará à temporada de premiações com o drama The Danish Girl, dirigido por Tom Hooper. Aliás, se vencer o Oscar, será o primeiro ator a fazer uma dobradinha consecutiva desde Tom Hanks com FiladélfiaForrest Gump nos anos 1990.

Julgando pelo delicado e emocionante trailer liberado hoje, fica claro que isso pode não ser um exagero e que Redmayne tem tudo para surpreender ainda mais como Einar Wegener, supostamente o primeiro homem a fazer uma cirurgia de troca de sexo nos anos 1920. A prévia sugere que Redmayne realmente tem um grande talento para expressões corporais, algo que foi devidamente explorado na cinebiografia de Stephen Hawking.

Já fazendo carreiras em festivais mundiais (nas próximas semanas será exibido em Veneza e Toronto), The Danish Girl é mais um filme do desprezado Tom Hooper que deve chegar ao circuito de premiações. Lembrando que ele é o Midas da interpretação: em John Adams trouxe Emmys e Globos de Ouro para a dupla Laura Linney e Paul Giamatti, com O Discurso do Rei deu o Oscar a Colin Firth e por Os Miseráveis Anne Hathaway ganhou todas as distinções da temporada.

Gostando ou não, nunca subestime o britânico, seja por seu jeito tradicional de filmar ou pelo fato de The Danish Girl ser uma biografia. O longa tem estreia programada para o dia 27 de novembro nos Estados Unidos.

6 comentários em ““The Danish Girl”, a dose dupla de Eddie Redmayne?

  1. Eddie Redmayne certamente estará entre os indicados. Quanto a vencer, acho um pouco prematuro afirmar isso. Há muito tempo ainda para a corrida e outros atores estão se destacando também.

    Na verdade, Eddie Redmayne, vem colocando uma dúvida em minha mente: É ou não um grande ator? Digo isso porque costumo considerar alguém grande quando este possui vários grandes desempenhos. Redmayne esteve excepcional em A Teoria de Tudo, bem em Os Miseráveis e agradável em Sete Dias com Marilyn. Por outro lado, já vi coisas ruins dele, incluindo a desastrosa atuação em. O Destino de Júpiter. Agora volta a despontar excelente com a The Danish Girl. Um ator para ficar de olho!

    • Bruno, se formos pensar por este lado, até Jack Nicholson já foi indicado ao Framboesa de Ouro e teve seus dias ruins… Mas, para mim, Redmayne é sim um excelente ator. E, em termos de trabalho corporal, poucos são tão sutis e minuciosos como ele.

  2. Difícil Eddie Redmayne ficar de fora das premiações de 2016. E, pelo visto, não será à toa. ;)

  3. Sem dúvida alguma, Eddie Redmayne vem com tudo para o Oscar 2016 de Melhor Ator. É difícil alguém ganhar um segundo Oscar consecutivo, mas não é impossível. Se Redmayne merecer vencer, acredito que ele vencerá. Por ora, só faço a seguinte previsão: uma vaga dos cinco indicados já é dele!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: